Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » E deu… ‘O Discurso’

Cultura

Luiz Carlos Merten

28 Fevereiro 2011 | 01h59

Com raras surpresas e alguns momentos muito bonitos – a presença de Kirk Douglas, a homenagem a Lena Horne, as letras irônicas superpostas às imagens dos indicados para melhor canção -, o Oscar de 2011, para os melhores de 2010, confirmou o que já era esperado. Venceram ‘O Discurso do Rei’, Tom Hooper, Colin Forth. O prêmio de melhor atriz (Natalie Portman), o de documentário (‘Trabalho Interno’) e o de melhor filme estrangeiro (‘Um Mundo Melhor’) também eram esperados. Não posso dizer que tenha gostado. Ainda não foi desta vez que David Fincher levou. Mas ele leva, é só aguardar. Amanhã, acrescento um post maior, para avaliar o significado desses resultados. Vocês gostaram?