Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » E a pirataria, como vai?

Cultura

Luiz Carlos Merten

09 Setembro 2007 | 13h00

Quero dizer a José Padilha que estou resistindo quanto posso. Todo dia encontro gente que já viu Tropa de Elite em cópia pirata, mas eu continuo decidido a esperar para ver o filme na abertura do Festival do Rio, dia 20, se bem que me informam que tem um movimento de policiais militares cariocas para impedir a estréia. Havia visto Ônibus 174 na sexta, na TV paga, e até escrevi que Tropa de Elite parecia ser o reverso daquele filme. Pelo que me contam, é. A polícia carioca é corrupta, a tropa de elite é formada pelos heróis (Wagner Moura à frente). Só tem um probleminha – os heróis são assassinos natos. Matadores ‘do bem’, que eliminam criminosos a sangue-frio para que a classe média possa seguir tranqüila. Um colega aqui do jornal disse que o filme é ‘ambíguo’. Inclui um forte ataque à classe média. A tropa de elite irrompe no morro, mata os traficantes e encontra um bando de boyzinhos que estão lá para ‘cheirar’. Wagner Moura esfrega o nariz de um dos garotos no sangue do traficante morto e diz que ele é cúmplice e que, para que um riquinho da sua laia possa cheirar, um bando de meninos do morro tem de entrar no tráfico, de onde só saem mortos. Estou nos cascos. Mais duas sobre DVDs piratas. Me contam que, no Rio, já existe até Tropa de Elite 2, mas, com este título, o que os camelôs estão vendendo é Notícias de Uma Guerra Particular, do João Moreita Salles. É sério? Outra – um amigo encontrou, no Centro de São Paulo, o DVD pirata de Amor, Estranho Amor, que a Xuxa tentou proibir (ou proibiu), anos atrás, sob a alegação de que estava havendo uma exploração sensacionalista de sua persona e que o contrato não previa o DVD (que nem existia, quando Walter Hugo Khouri fez o filme, no começo dos anos 80). Tirando o fato que todo mundo sabe que a Xuxa fez Estranho Amor, naquele papel, e que Khouri é, de longe, o melhor diretor com quem ela trabalhou, mesmo num papel pequeno, o pitoresco é que o DVD pirata pode ser encontrado nas cartelas que vendem filmes de sexo explícito!

Encontrou algum erro? Entre em contato