Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » DVD (3)

Cultura

Luiz Carlos Merten

24 Novembro 2007 | 18h00

Roman Polanski ou Martin Scorsese? ‘Chinatown’ ou ‘Taxi Driver’? Por que o ‘ou’, que aponta para uma escolha (e o favorecimento de um significa a exclusão do outro)? ‘Chinatown’ e ‘Taxi Driver’ estão saindo em DVDs especiais, edições para colecionadores. Cinéfilo que se preze tem mais é de adquirir os dois. Pessoalmente, prefiro o primeiro, que é um noir deslumbrante e Jack Nicholson, como JJ Gittes, e Faye Dunaway, como Evelyn Mulwray, fazem parte das minhas experiências inesquecíveis no cinema (se bem que John Huston, como o maléfico Noah Cross, consegue ser melhor do que os dois). Os extras de ‘Chinatown’ incluem ‘O Começo e o Fim’, ‘Filmando Chinatown’ e ‘O Legado de Chinatown’, mas o melhor é o próprio filme, o mais perfeito da carreira de Polanski, que se reservou um pequeno papel – o daquele gângster que parece uma fuinha e é ele quem corta o nariz de Gittes com o canivete. Por mais que prefira ‘Chinatown’, tenho de reconhecer que ‘Taxi Driver’ é um filme emblemático de Scorsese. A célebre cena de Travis diante do espelho – ‘Are you talking to me?’ – entrou para o imnaginário dos cinéfilos e é sempre lembrada como um dos momentos inesquecíveis do cinema dos anos 70. ‘Chinatown’ é de 1974; ‘Taxi Driver’ é do ano seguinte. O DVD duplo do segundo traz extras preciosos. O próprio Scorsese apresenta o storyboard e depois compara a cena filmada com o seu planejamento plano a plano. É muito interessante e, para estudantes (estudiosos?) de cinema, um regalo.

Encontrou algum erro? Entre em contato