Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Discriminado

Cultura

Luiz Carlos Merten

12 Julho 2008 | 18h07

Quê que é isso? Nenhum comentário sobre os últimois posts. Que desinteresse… Mesmo assim, vou insistir e postar mais alguma coisa. Fui hoje conhecer o Shopping Bourbon, pertencente à rede gaúcha. Almocei lá com filha filha e genro, depois fomos ao cinema, ver ‘Kung Fu Panda’, na versão com legendas. Achei bem legal e cada vez me convenço que a animação talvez seja hoje o ‘departamento’ mais criativo de Hollywood, e olhem que não sou preconceituoso. Estou pronto a defender que ‘Batmanm, Cavaleiro das Trevas’ é cinema de autor da melhor qualidade. Mas a animação… Tudo bem que de vez em quando uma se destaca muito e toca a fenialidade – ‘Ratatouille’, ‘Ratatouille’, ‘Ratatouille’ -, mas o nível anda muito bom. ‘Wall-E’, ‘Kung Fu Panda’ – já gostei do trailer de ‘Madagascar 2’ e só espero que o filme corresponda. Mas queria dizer uma coisa sobre o shopping. Tenho uns amigos qued fumam e se sentem cidadãos de segunda classe, discriminados por seu ‘vício’. Me senti de segunda classe no Bourbon. Precisava dar uma telefonema, para localizar minha filha. Não achava nenhum telefone público. Estava no 3º andar e osegurança disse que eu terias de descer até o primeiro, no hipermercado. Lá dentro haviam dois (2!) telefones públicos, com direito a fila e tudo. Os dois num shopping daquele tamanho. Fui contar para a Lúcia e elas ainda zoou comigo. Me perguntou o que eu espero? Lúcia citou até estatísticas. Disse que existem atualmente três celulares por habitante, e eu esqueci se em São Paulo, no Brasil, ou no mundo. Daqui a pouco não vou encontrar nem aqueles dois orelhões (que nem eram orelhões…). O céus!