Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Corram ao CCBB

Cultura

Luiz Carlos Merten

05 Abril 2009 | 12h28

Estou aqui no jornal redigindo o texto de encerramento do É Tudo Verdade. Desde ontem, gostaria de ter postado o que vocês provavelmente já sabem – ‘Cidadão Boilesen’, de Chaim Litewski, foi o grande vencedor da etapa brasileira, na categoria documentário longo. O curta premiado foi ‘No Tempo de Miltinho’, de André Weller. Confesso que quando saiu a menção honrosa para ‘Corumbiara’, de Vincent Carelli, quase dei um pulo na poltrona – como me havia esquecido do filme naquela relação de possíveis premiados que saiu ontem? Conversei com os três vencedores. Litewski mora em Nova York, onde trabalha na ONU (e está voltando para lá). Ele não deixa de considerar seu filme um work in progress, porque quer acertar algumas coisas (fotos, legendas). ‘Cidadão Boilesen’ ainda não tem distribuidor, mas se você não viu – e teme que ele entre no buraco negro -tem tempo de correr ao Centro Cultural Banco do Brasil, onde será exibido daqui a opouco, às 13 horas. O vencedor da etapa internacional foi ‘VJs de Mianmar’, do dinamarquês Anders Hogsbro Osterggard, sobre videorrepórteres que arriscam a vida para mostrar ao mundo as imagens da violência da ditadura na antiga Birmânia. Na entrevista que me deu, anunciando as mudanças deste ano, Amir Labaki também havia cantado a bola de que o documentário está mudando e, talvez, encerrando a militância política anti-Bush que o caracterizou nos últimos anos. Os júris nacional e internacional podem ter celebrado o canto do cisne do documentário político em suas premiações. Mas que tanto ‘Cidadão Boilesen’ como ‘VJs de Mianmar’ são bons no seu engajamento e militância, ah, isso são. Amanhã e terça, ocorre a repescagem no CineSesc. Só documentários bons. Corram lá…