Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Comentários…

Cultura

Luiz Carlos Merten

22 Setembro 2008 | 09h49

É incrível, mas volta e meia abro meus e-mails para validar os comentários e encontro listas de westerns para somar no post que leva justamente este título, ‘Westerns!’ No fim de semana, mexi lá na pilha de DVDs que ameaça desabar sobre mim, em casa, e pincei o de ‘Da Terra Nascem os Homens’, que revi. Não resisto àquele western de William Wyler, que nem é um mestre do gênero, mas aquele filme me atrai muito e a trilha de Jerome Moross é excepcional. Aliás, as trilhas de westerns ocupariam um capítulo à parte – uma série de post – porque existem coisas realmente preciosas. Vou dar uma geral nos comentários – fiquei emocionado com o texto do Nei Duclós, meu amigo poeta (‘Outubro’). É bom quando o blog me leva a reencontrar as pessoas, muito bacana. Bauer me pede uma indicação de filme de Carole Bouquet, cuja beleza é o colírio daquele pessimamente editado ‘007 – Somente para Seus Olhos’. Bauer, Carole foi casada com Gérard Depardieu e dividiu a cena com ele em ‘Trop Belle pour Toi’, do Bertrand Blier. Ex-modelo de Chanel, ela fez uma pá de filmes, mas não existe obra mais cult na carreira da Carole do que o primeiro, ‘Esse Obscuro Objeto de Desejo’, o último Buñuel, de 1977, em que o mestre surrealista faz com que duas atrizes – Angela Molina e ela – interpretem a mesma persionagem. Grande Buñuel, deslumbrante Carole!
Renato me puxa as orelhas, porque a garota de ‘Pequena Miss Sunshine’ não poderia ser a de ‘Quando o Amor Acontece’, por uma questão de tempo (e idade). É verdade, mas que são parecidas, são. Ainda sobre Sandra Bullock, Pedro Meira arrisca sua interpretação para o desaparecimento da Miss Simpatia – ela fez 40 anos e os papéis, nesta idade, ficam mais raros para mulheres, em Hollywood, ainda mais para heroínas de comédias românticas. Imagino que seja o mesmo problema de Meg Ryan, outra ‘desaparecida’.
Pedro Malasarte está me gozando. Pergunta se eu só escrevo no fim de semana… Meu editor queixa-se de que eu fico postando, em vez de fazer minhas matérias para o ‘Caderno 2’ e até já ameaçou embargar o blog para mim até às 14h30, nosso horário de fechamento da edição.
Luix não sabe, mas o comentário dele veio de encontro a um post que estou querendo redigir desde ontem. Vamos lá!