Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Cem mais

Cultura

Luiz Carlos Merten

21 Junho 2007 | 13h48

Ubiratan Brasil me repassou a informação que encontrou na internet e que vocês, internautas, talvez já estejam sabendo. O American Film Institute fez nova votação para escolher os 100 melhores filmes americanos de todos os tempos. Cidadão Kane continua no topo da lista, seguido, pela ordem, por O Poderoso Chefão (o 1), Casablanca, Touro Indomável, Cantando na Chuva, …E o Vento Levou, Lawrence da Arábia, A Lista de Schindler, Um Corpo Que Cai e O Mágico de Oz. Não vi lista inteira, mas o e-mail do Bira põe ênfase no fato de que só quatro filmes produzidos nos últimos dez anos entraram na lista, e nenhum entre os dez mais – O Senhor dos Anéis – A Irmandade do Anel, em 48º lugar; O Resgate do Soldado Ryan, em 71º; Titanic, 83º; e O Sexto Sentido, 84º. É muito interessante como material de reflexão. O American Film Institute tem um corpo muito heterogêneo de associados. Tem artistas e técnicos, mas também jornalisdtas, críticos, historiadores de cinema. Esta gente está toda insatisfeita com os rumos do cinema, se acha que, entre 100, só quatro filmes do cinemão recente são bons de verdade. Enquanto isso, os executivos das Majors, que se lixam para a qualidade artística e pensam só em termos de mercado, estão comemorando os bilhões que Hollywood já arrecadou este ano com todos os números 3 – O Homem-Aranha, Piratas do Caribe, Shrek e, agora, 13 Homens e Um Novo Segredo. Qual é o futuro disso? Será que vamos voltar aos irmãos Lumière, que viam a invenção deles como sem futuro? O cinema vai virar só essa máquina caça-níqueis em que o filme já é feito pensando no videogame?

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Encontrou algum erro? Entre em contato