As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cannes! (31)/Justiça foi feita?

Luiz Carlos Merten

24 Maio 2015 | 15h13

CANNES – E a Palma de Ouro dos irmãos Coen foi para… Jacques Audiard, por Dheepan. Ia escrever que Audiard chegara todo sorridente ao palais, e era bom signo. Nem os franceses acreditavam que ele pudesse ganhar. Continuo achando que os melhores foram o húngaro e o mexicano, mas a Palma para Audiard é uma bofetada em revistas como Cahiers, que subestimam o diretor  de O Profeta, como François Truffaut, na fase de capa amarela, subestimava seu pai, o roteirista Michel Audiard. Justice est faite?