As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cannes (22)/Nadine Labaki!

Luiz Carlos Merten

17 Maio 2018 | 18h53

CANNES – Kika Freire, que dirigiu a peça de Dib Carneiro, Pulsões, preparou o elenco infantil – o menino – do epísódio de Nadine Labaki para Rio, Eu Te Amo. A pergunta que não quer calar – quem foi a Kika Freire de Nadine em Capharnaüm, seu longa que concorre em Cannes? Não sei se com a Palma de Ouro, mas acho que o júri de Cate Blanchett dificilmente deixará de premiar a bela Nadine. O filme é sobre a infância abandonada do Líbano. Um garoto leva os pais ao tribunal. Acusa-os de haverem lhe dado a vida, e tirado, ao abandoná-lo. Uma nota de produção informa que Nadine filmou centenas de horas, baseando seu método na improvisação. O garoto do novo filme é excepcional. Terá tido um coach? O longa amplia a experiência do curta? É bom, em todo caso. E, depois de O Insulto, sou capaz de apostar que Capharnaüm irá para o Oscar no ano que vem.