Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Cannes!

Cultura

Luiz Carlos Merten

15 Abril 2010 | 10h58

Mathieu Amalric, Alejandro González-Iñárritu, Mike Leigh, Doug Liman, Abbas Kiarostami, Takeshi Kitano, Nikita Mikhalkov, Bertrand Tavernier, Xavier Beauvois, Rachid Bouchareb, Im Sangsoo, Daniele Luchetti e Apichatpong Weerasethakul. O Festival de Cannes acaba de divulgar a lista dos filmes que vão concorrer à Palma de Ouro, em maio. A seleção tem muitos pesos pesados, o que não a impede de parecer mais ‘alternativa’  do que as de edições recentes anteriores. Adorei reencontrar o nome de Weerasethakul, o diretor de ‘Mal dos Trópicos’, o deslumbrante ‘Maladie Tropical’, com aquela floresta que, sem efeitos, me parece tão mágica e perturbadora quanto a de ‘Avatar’. A primeira referência à seleção oficial que encontrei ao chegar hoje no jornal dizia respeito ao júri presidido por Tim Burton. Entre os seus integrantes confirmados estarão Victor Erice e Benicio Del Toro. Por mais que ame Almodóvar, tenho de admitir, comigo mesmo, que considero o ‘maldito’ Erice o maior autor do cinema de Espanha, graças a dois filmes que assombram meu imaginário – ‘O Espírito da Colmeia’, finalmente lançado em DVD no Brasil, e ‘El Sol del Membrillo’, cujo radicalismo me aopaixona. Vi ‘El Sol’ em Cannes, em 1992, e depois o filme sumiu, mas volta e meio me pego pensando na ‘efemeridade’ do fiolme de Erice, que não propõe outra coisa senão o pintor António López García tentando captar, com, tintas e pinceis, o brilho da luz nas folhas de uma árvore em seu jardim. Confesso que, de cara, a seleção da outra mostra, Un Certain Regard, me atraiu mais. Manoel de Oliveira (‘O Estranho Caso de Angélica’), Jean-Luc Godard (‘Film Socialisme’), Lodge Kerrigan (‘Rebecca H, Return to the Dog’). Chique, não? Não sou de ficar pesquisando na internet, mas há tempos me perguntava o que teria ocorrido com Kerrigan? Havia gostado muito de ‘Shaven’ e, principalmente, de ‘Claire Dolan’, com Kathryn Cartlidge, cuja morte (da atriz) até hoje me perturba. O que teria acontecido com o diretor, tão talentoso (e rigoroso)? Kerrigan estará de volta à mostra ‘Um Certo Olhar’, onde surgiu para o mundo. Estou cheio de expectativa.

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Encontrou algum erro? Entre em contato