Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » `Brando female`

Cultura

Luiz Carlos Merten

11 Janeiro 2010 | 19h47

LOS ANGELES – Elson aproveita o post sobre o quinto Indiana Jones (5?) para falar sobre `An Education`, o longa de Lone Scherfig que estah em cartaz nos cinemas dos EUA e eh dado como certo no Oscar, nem que seja na categoria de melhor atriz. O filme jah integrou a Mostra, com outro titulo, `Seducaoh`. Adorei e a atriz Carey Mulligan, que fazia uma das irmas de Keira Knightley em `Orgulho e Preconceito`, eh fantastica, mas o roteiro, baseado em Nick Hornby, tambem eh muito bacana, rico em observacoes e sutilezas. A Sony vai lancar o filme no Brasil, mas desconfio que devam esperar pelas indicacoes para o Oscar para dimensionar a importancia do lancamento. Alias, sobre Oscar, eh impressionante como Kathryn Bigelow estah em todas as listas de provaveis indicacoes na categoria de direcao, por `The Hurt Locker`. O ex dela, James Cameron, aparece aqui e ali, com `Avatar`, mas Kathryn parece a unanimidade desta edicaoh, embora a critica a tenha ignorado em Veneza. Aproveitando – saih hoje para dar uma volta aqui ao redor do hotel, em Beverly Hills, e parei numa livraria, onde terminei comprando alguns livros, inclusive um sobre Kim Stanley, lendaria atriz da Broadway, com curta passagem por Hollywood – fez meia duzia de filmes -, e que me atraiu (o livro) pelo titulo, `Brando Female`, a Brando feminina, ou mulher, o que dah a medida do talento e da personalidade explosiva de Kim. Nao comprei, mas fiquei impressionado com um volume – deve ter umas 800 paginas – sobre o senador McCarthy, `Blacklisted from History`, que reabilita o senador direitista que liderou a caca as bruxas em Hollywood, nos anos 1950. Tem gente que tem aproveitado os posts sobre `Lula`, o filme, para entrar aqui no blog esculhambando com a esquerda, o Grande Irmao, um besteirol do caoh. Esse pessoal vai adorar o tal livro, embalado numa faixa que naoh deixa por menos – `O livro mais importante desde a publicacaoh da Biblia`. Eh mole? Tambem naoh comprei, porque era um album, e pesado, um livro sobre Michael Jackson, `Before He Was King`, soh de fotos do jovem Michael, quando ele ainda era negro, antes de iniciar o processo de transformacaoh fisica que o transformou num ser hibrido. As pessoas saoh caixinhas de surpresa, estou dizendo uma banalidade, eu sei, mas Michael era taoh bonito. Tinha um olhar ingenuo, um pouco assustado, diante do mundo, o que pode ser creditado as particularidades de sua biografia, a violencia familiar e ao escambau. Em que momento ele se transformou num experimento de si mesmo, querendo se fazer branco? Folheei e folheei aquelas paginas, com as imagens de Michael Jackson menino e, depois, adolescente e jah adulto. Os deuses, realmente, enlouquecem primeiro aqueles a quem querem destruir.