Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Be Kind Rewind

Cultura

Luiz Carlos Merten

20 Fevereiro 2008 | 07h40

Tenho hoje muitos assuntos para resolver – incluindo a tal questão da mala – e, por isto, não sei se terei tempo de voltar a postar tão cedo. Vou acrescentar uns posts pequenos porque tem coisas que quero logo comentar. A premiação do Padilha ofuscou o que, para mim, foi uma revelação. Sei que tem gente que adora o Michel Gondry, mas eu nunca fui muito com o cara (quer dizer, com o cinema dele). Gondry encerrou a Berlinale de 2008 com seu novo filme ‘Be Kind Rewind’, com Jack Black, Mos Def e Mia Farrow. Além de diretor, ele é também roteirista. Amei! ‘Be Kind…’ conta a história deste sujeito que sofgre um acidente, fica magnetizado e, como conseqüência, apaga todas as fitas de vídeo de uma locadora que resiste aos avanços da tecnologia. ‘Be Kind’ é um pouco o ‘Durval Discos’ de Michel Gondry. É muito engraçado quando Jack Black e Mos Def começam a refazer os filmes que foram desmagnetizados para atender aos clientes. ‘Os Caça-Fantasmas’, ‘Rush Hour’… Há um amor naquelas reconstituições bagunçadas que o público percebe e a locadora vira um sucesso. Os espectadores acham que os filmes são melhores do que os originais. Mas aí entra a Sigourney Weaver, como represdentante da indústria, acusando a dupla (e seus colaboradores) de pirataria. Eles resolvem então fazer o próprio filme, sobre um lendário músico de jazz. Gente, é maravilhoso! E o Gondry é um encanto de pessoa. Foi ele sozinho à coletiva. (Gostaria tanto de ter visto Mia Farrow. Ela está ótima.) Gondry talvez não seja tão jovem – tem um filho de 16 anos, com quem vai fazer o próximo filme -, mas tem cara de guri. Ele é um ídolo da garotada. Nunca vi tanta gente jovem numa coletiva em Berlim este ano. Gondry, que fala inglês com aquele sotaque carregado francês, cria um ambiente como se a conversa fosse íntima, na sala da casa dele. Sinceramente, anotem aí. ‘Be Kind Rewind’ é um filmaço. Digam-me depois se exagerei.

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Encontrou algum erro? Entre em contato