Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Banido!

Cultura

Luiz Carlos Merten

19 Maio 2011 | 13h39

CANNES – Durante anos, Lars Von Trier foi o queridinho do diretor-geral do evento, Gilles Jacob. Eis que agora ele virou persona non grata. a cúpula do festival fez hoje uma reunião de emergência e resolveu banir o autor dinamarquês, porque suas declarações – sobre Hitler e o Estado de Israel, na coletiva de ‘Melancholia’ -, contrariam o espírito humanista e tolerante de Cannes. Lars, de certo para manter a pose, está fazendo troça. Diz que, como não pode mais entrar no palais, vai ficar tomando sorvete nas proximidades e esperando o resultado final na premiação de domingo. O caso ganhou destaque na imprensa francesa, um pouco para fugir ao escândalo Strauss-Khan, acusado de assédio sexual num hotel de Nova York. O presidenciável, que aspira a candidatura ao posto de Sarkozy na próxima eleição, virou o titititi do país. Não se fala em outra coisa. Nem no festival –  na entrevista que fiz com ele, Alain Cavalier me disse que o maids belo plano, o que ele gostaria de ter filmado, é a panorâmica que foi de um assessor até o rosto crispado de Strauss-Khan, visto na TV. Há aqui um filme sobre Sarkozy, fora de cponcurso. Denis Polydès faz o presidente. A ênfase de ‘La Conquête’ está na tomada do poder por Sarkozy, contra os caciques de seu partido. O filme não vai entrar na história, mas é interessante como focaliza o episódio Cecília, quando a ex de Sarkozy trocou o marido, recem eleito, por outro homem. Ele até que não se saiu mal – Carla Bruni etc -, mas o ‘choc’ dessa mulher que se rebelou contra o protocolo e foi viver sua história de amor, contrariando a regra de que o poder é afrodisíaco, confere certo interesse ao filme. Mas, enfim, estou no meu quarto de hotel, depois de haver entrevistado outro Trier – minha entrevista com Lars é amanhyã. Este Trier ó norueguês Joachim, de um filme muito bom, ‘Oslo 31 de Agosto’, exibido em Un Certain Regard. Gostei bastante, do filme e da entrevista. Aproveito para acrescentar o post e mais  dois, que vocês lerão em seguida.