Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » ´Tropa de Elite

Cultura

Luiz Carlos Merten

11 Fevereiro 2008 | 14h23

BERLIM – Prometo olhar os comentários de voces assim que tiver um pouco de tempo, mas a correria anda grande. Ontem à noite, queria ter acrescentado um post sobre ´Sparrow´. de Johnny To, que vi na sessao para a imprensa. Vai ser o próximo, porque agora preciso dar conta da recepcao a ´Tropa de Elite´. Comeco mais ou menos assim minha matéria de amanha no Caderno 2 – coisas estranhas ocorrem com o filme de José Padilha. Primeiro, foi a pirataria que transformou ´Tropa de Elite´ num fenomeno, com repercussao na imprensa internacional. Só no The New York Times foram duas reportagens. Já estou ouvindo gente reclamar que mercado nao avaliza nada e que o NYT expressa a opiiniao (e os interesses) dos gringos etc. Stop com esta pobreyza mental. ´Tropa de Elite´ desembarcou em Berlim com a auta de filme polemico. Muita gente queria ver. Hoje de manha, quando cheguei no Palast, encontrei a maior confusao. Alto-falantes informavam que a cópia exibida seria com legendas em alemao. Geralmente, elass sao em ingleses e só os filmes em língua inglesa recebem legendas em alemao. A alternativa oferecida pelo festival foram fones de ouvido para quem quisesse transmissao simultanea em outras línguas. Flávia Guerra, nossa super-repórter do Caderno 2, fez o sacrifício de ouvir o filme com fone de ouvido e tomou um choque. Havia uma narradora – voz de mulher – que contava o que se passava na cena, misturando diálogos dos personagens com os comentários do narrador dentro do filme. Isto com certeza aumentou a perplexidade que o filme já despertaria, naturalmente. No final da sessao, nem aplausos nem baias. Silencio. ´Tropa de Elite´ foi mal de público em Berlim? Nao diria isto nem de longe porque, na sequencia, a sala da coletiva lotou, prova do interesse que o filme do Padilha provocou. E ele é muito articulado, voces sabem. Padilha nao deixa um ponto sem explicar e a sua análise pode ser tanto sociológica quanto estética. Acho que ainda estamos no páreo. O negócio é esperar pela reacao na sessao oficial, daqui a pouco.