Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Atentos!

Cultura

Luiz Carlos Merten

02 Julho 2009 | 22h22

Gabriel Vilela não se conforma que, no texto sobre Pina Bausch para o jornal, eu tenha preferido ‘Hable con Ella’, do Almodóvar, a ‘E la Nave Va’, do Fellini. Segundo ele, Almodóvar apenas reproduz uma coreografia famosa de Pina, enquanto Fellini a faz reinventar o mito, e a expressividade, dos clowns, além de utilizá-la realmente como atriz, por meio do olhar morto da bailarina cega que sintetiza o sentido do filme. Ia dizer, sintetiza segundo ele, mas não é só Gabriel que manifesta esse entusiasmo. Num texto especial para o ‘Caderno 2’, que sai amanhã, Caetano (Veloso, o irmão de Bethânia) também analisa a grande arte de Pina Bausch quase que exclusivamente a partir de sua contribuição com Fellini (e olhem que Caetano teve o privilégio de conviver com a artista. Ele chega a dizer que não acredita que tenha sido seu amigo…) Amanhã, no ‘Caderno 2’. Faz tempo que não vejo ‘E la Nave Va’. Depois do que me disse o Gabriel e do que escreve Caetano, rever o filme tornou-se uma necessidade, pelo menos para mim.