Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Arrogante, blasé?

Cultura

Luiz Carlos Merten

21 Outubro 2009 | 18h48

Minha caixa de e-mails está travada e eu não consigo descobrir se vocês se interessaram pelo assunto e fizeram comentários na série sobre ‘Besouro’, seja o filme de João Daniel Tikhomiroff ou a novela de Manoel Carlos, ‘Viver a Vida’, que tratei num post específico. Mas alguns colegas aqui do ‘Estado’ já leram e comentaram comigo. Uma disse que eu talvez não tenha usado a palavra certa para definir a Helena de Taís Araújo. Disse que era metida a fina e essa colega disse que a Taís oscila entre ser arrogante e blasé, nunca achando um tom que torne a personagem minimamente atraente. Outro acrescentou que Manoel Carlos não é bom para escrever sobre mocinhas, sendo melhor sobre coroas e, de preferência, vilãs. Curioso isso. De qualquer maneira, fui checar com a Keila, do Telejornal, e ela me disse que Giovanna Antonelli, que seria a vilã, está ganhando o público (como a personagem de Lília Cabral). Por dúvida das vias, vou tentar ver a novela hoje, para ver se entendo alguma coisa desse imbroglio que criei para mim.