Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Aperta o cinto, Merten!

Cultura

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cultura

Aperta o cinto, Merten!

Luiz Carlos Merten

28 Junho 2012 | 12h48

Meio que travei ontem, e não foi por causa do jogo, à noite. (É curioso ver e ouvir as reações no jornal – Que Neymar, que nada… Romarinho é o cara…) Mas tenho corrido muito para ver filmes, fazer entrevistas. Conversei com a diretora de ‘Apenas Uma Noite’, descobrimos nossa paixão comum por Ingmar Bergman e Massy Tadjedin me disse que gostaria de estar em São Paulo para ver a retrospectiva do grande diretor – Alain Bergala, quando o entrevistei, no fim de semana, também viajou comigo falando de ‘Mônica e o Desejo’, sobre o qual escreveu um livro… A vida não anda fácil, mas é assim que eu gosto. Ontem pela manhã, vim ao jornal e teria de sair daqui para tentar assistir a ‘A Era do Gelo 4’, no novo Shopping JK Iguatemi. Seria tão mais fácil fazer as coisas da minha casa, enviar parta o jornal e, de Pinheiros, num pulo, estaria na Juscelino. Se as coisas podem complicar, por que imaginar que elas serão simples? Tinha as matérias que estão no ‘Caderno 2’ de hoje – o filme do Woody Allen, que teve o efeito de uma bomba retardada para mim. Mesmo reconhecendo que é inferior a ‘Meia-Noite em Paris’, lembro-me cada vez com mais prazer das piadas de ‘Para Roma, com Amor’ e, quando as conto, rio tanto que os amigos me pedem ‘Menos…’ Tinha também o texto sobre ‘Constantino’, na Mostra Mundo Árabe, e os filmes na TV. Os últimos me derrubaram. Estava fazendo na correria, havia pouca coisa na TV aberta e tive de preencher com a paga, mas troquei as datas e, quando terminei, tive de deletar tudo para começar de novo, porque havia errado o dia. Por conta disso, saí tarde do jornal, ainda peguei a Marginal travada e cheguei ao shopping disparado. Entrei no escuro, sentei-me num dos assentos do JK Iguatemi e é verdade que estranhei um pouco o formato da poltrona, mas não sabia o que me esperava no Cinópolis. No meu mundo paralelo, não fazia a menor ideia de que a poltrona, feito tobogã ou montanha russa, iria me levar numa viagem, conforme o ritmo da aventura na tela. Fui jogado para cá e para lá, choveu na minha cara. Deve haver um cinto de segurança, mas não localizei. Quase caí da cadeira! Tentava me segurar, mas sem uma mão e com casaco e livro na outra… Realmente… A divisão dos continentes ficou muito mais emocionante. Não sei se vai funcionar sempre, mas me diverti e só fiquei imaginando, com meus botões, como seria ver ‘O Espetacular Homem-Aranha’ no Cinópolis. A Sony dormiu no ponto. A Fox correu na frente e lá vou eu ver de novo o quarto ‘A Era do Gelo’. Ah, sim, entrevistei Carlos Saldanha pelo telefone e ele me havia antecipado – disse que era o filme que queria ver, e viu. A partir daí, eu queria que o filme me surpreendesse, e surpreendeu, com sua história de pai e filha.

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Encontrou algum erro? Entre em contato