Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » A festa é nossa

Cultura

Luiz Carlos Merten

15 Novembro 2010 | 11h11

E, afinal, é com suprema felicidade – de novo – que acrescento o post atual. A proposta do FC (Festival de Cine) 4 +1 era fazer com que o público das cinco capitais em que se desenrolou o evento, Buenos Aires, São Paulo, Madri, Cidade do México e Bogotá, escolhesse um só vencedor e o prêmio foi outorgado ontem à noite no Malba, na capital argentina. E o melhor filme do 4 + 1 foi… ‘Les Plages d’Agnès’, de Agnès Varda. Acho lindo, emocionante, inovador. Revendo o filme no sábado à tarde, viajava nas suas imagens como se as estivesse descobrindo pela primeira vez. Mas eu esperava pelas cenas de Zalman King (o filme famoso dele era ‘Orquídea Selvagem’, mas o título me escapou ontem), por Jacques Démy, pela praia artificial que Agnès monta na rua em que mora, em Paris, com direito a areia (e tudo). Varda tem tudo a ver com a proposta do 4 + 1. Cinema autoral, fora do circuito exibidor (nem Jean-Thomas Bernardini trouxe ‘Les Plages’ para o Brasil, mas temos de insistir que o faça). Que lindas as imagens dos filmes de Varda – ‘La Pointe Courte’, com o qual abriu caminho para a nouvelle vague; ‘Cléo das 5 às 7’, com a valquíria Corinne Marchand vivendo sua angústia em tempo real, à espera do exame que vai dizer se tem câncer ou não; e ‘As Duas Faces da Felicidade’ (Le Bonheur), sobre o sonho impossível das duas mulheres. Não creio que, do ponto de vista puramente (audio)visual, possa existir filme mais belo do que esse. Varda se revisita e a festa é nossa. Posso colocar no plural. Nós, o público, a votamos como melhor do 1º 4 + 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato