Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Chocante!

Cultura

Luiz Carlos Merten

05 Dezembro 2011 | 16h53

DUBAI – Somos apenas dois brasileiros aqui em Dubai, o cara do Telecine, Moises, e eu. Depois de assistir a `Missaoh Impossivel 4`, fomos encher a cara no outro Jumeirah, aquele que tem o formato de vela de navio e virou o emblema de Dubai. Antes de mais nada, quero dizer que assistimos ao filme num Imax como nunca vi outro. Thank God, desculpem-me pelo ingles, o filme naoh e em 3-D. Acho que em 3-D a gente nao aguentaria a intensidade das cenas de acao e terminaria enfartando. Hah um embargo ateh depois de amanhah, quarta, o que significa que eu talvez naoh poderia estar dizendo nada disso, mas f…-se. Gostei, me emocionei. Depois, com o Moises, fiquei me indagando sobre a questaoh etica. Me preocupo com isso, mas nessas junkets – daqui vou para outra, em Londres – ninguem me cobra nada e eu naoh me sinto nem um pouco mais pressionado ou comprometido do que nos festivais de cinema brasileiro, para os quais sou convidado. Mas estar aqui em Dubai eh irreal. Tudo aqui eh taoh novo, os carros, os predios, tudo parece uma miragem que acaba de brotar no deserto. E o que menos tem eh gente de Dubai. Tenho conversado muito – muita gente de Sri-Lanka, da India. A cidade eh muito horizontalm, muito plana. E aih tem esses predios – os mais altos do mundo. O que seria Downtown, o Centro, eh um aglomerado de arranha-ceus. Nenhum se assemel;ha ao outro e todos parecem delirios futuristas de desenhistas de HQ. James Cameron, quando foi mostrar `Avatar` em Saoh Paulo, nos disse – eramos um grupo quie incluia a Isabela Boscow, da `Veja` -, que o limite do cinema, hoje, era a imaginacaoh. A tecnica permitia tudo. O mesmo vale para a arquitetura de Dubai. Saoh os predios mais bizarros, os mais altos. Depois de amanhah, a coletiva de Tom, Cruise serah no 124.o andar de um desses predios. Tudo isso impressiona, mas naoh foi por isso que gostei de `MI-4`, Ghost Protocol. O filme eh sobre… ressurreicaoh. E mais naoh posso dizer para naoh tirar a graca. Sorry, gente, essa igreja do Tom Cruise pode ser o oh, mas o cara eh foda. E a Paula, estrela do filme, Paula o que eh mesmo?, eh uma deusa. Amanhah converso com ela, com Brad Bird, o diretor. Havia gostado tanto de `Ratatouille`. O cara, estreando na live action, mostra que nao eh mole, naoh.

Encontrou algum erro? Entre em contato