Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » 3-D

Cultura

Luiz Carlos Merten

12 Julho 2008 | 18h27

Estou postando rapidinho só para dar sinal de vida, embora pelo visto vocês não estejam muito interessados. Mas, enfim, volto daqui a pouco ao cinema para ver ‘Viagem ao Centro da Terra’. Queria assistir ao filme no Shopping Frei Caneca, mas vou ter de encarar o Shopping Páteo Higienópolis, porque não teria a menor graça assistir ao filme em cópia plana. Tem de ser em 3-D. Li, não me lembro se no ‘Le Monde’ ou no ‘Libération’, que Hollywood estuda seriamente a possibilidade de só fazer filmes em 3-D, como arma contra a pirataria. A DreamWorks, inclusive, já teria anunciado que, a partir de novembro, só filma em terceira dimensão. Deve ser o tal futuro, chegando. Um mundo sem orelhões – cada um com três celulares – e só com filmes para ver com ‘oclinhos’ especiais. Nos anos 50, para enfrentar a concorrência da TV, Hollywood informou todos aqueles formatos – cinemascope, VistaVision, cinerama – e sistemas – Todd-Ao, 3-D. O formato largo foi incorporado, no limite o som estereofônmico Todd-Ao foi aprimorado e resoltou no Dolby, mas o cinerama foi para as cucuias (como a tela tripartite do Abel Gance, nos primórdios do cinematógrafo). Agora, volta a 3-D contra a pirataria, e para tirar o público de casa, para forçá-lo a ver os filmes nas salas. Há uns dez anos, ou mais, já houve uma tentativa malsucedida de reviver a terceira dimensão, num filme muito ruim da série ‘A Hora do Pesadelo’, do Freddy Kruger. Mais recentemente, a Sony produziu ‘A Casa Monstro’ em duas versões, plana e 3-D, e eu vi a segunda no México, mostrada pela própria empresa produtora e distribuidora. Nem sei se no Brasil saiu em 3-D. Agora, parece que é para valer. O curioso é que o charme do primeiro ‘Viagem ao Centro da Terra’ vem do fato de que as trucagens são muito bregas, muito primitivas, e o cenário parece todo de papelão. Mas é um filme adorável, que eu revi diversas vezes com gosto na Sessão da Tarde. Vocês já viram o novo filme? É legal? Estou esperando pelas manifestações de vocês… E lá vou usar meus ‘oclinhos’.