Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » 11:14

Cultura

Luiz Carlos Merten

21 Janeiro 2007 | 16h04

SANTIAGO – Fui ver ontem 11:14, A Hora de Morrer, que minha filha jura já ter visto na TV paga, no Brasil. A producao é de 2003. Será que o filme foi lancado comercialmente no País e eu perdi? Acho muito estranho, mas nao impossível. A Hora de Morrer, de qualquer maneira, mostra que a parceria Inárritu-Arriaga fez escola. Ambos, é verdade, também beberam na fonte da estrutura circular de Pulp Fiction, de Tarantino, que talvez seja a origem de tudo. Hora de Morrer conta todas essas histórias que giram em torno ao momento fatítico, 11h14 da noite, 23h14, quando ocorre uma série de mortes violentas, todas ligadas entre si. Crash também pertence a essa vertente, para nao dizer fórmula de cinema. Faco minhas objecoes a Hora de Morrer, mas o filme produzido e interpretado (com Patrick Swayze e um monte de gente jovem) por Hilary Swank me provocou um impacto imediato muito mais fundo do que Crash, que ganhou o Oscar no ano passado. Minha curiosidade é – o filme foi lancado no Brasil? Volto ao assunto amanha, ao regressar ao Brasil.