Em busca da pegada perfeita

Estadão

25 Junho 2007 | 09h54

Mulher gosta de homem bonito? Gosta. Mulher gosta de homem rico? Com certeza. Mas o que mulher gosta mesmo é de homem com pegada.

Não, não estou falando daqueles rastros que nossos pés deixam no chão, nem das provas encontradas geralmente pelos detetives dos desenhos animados. Pegada é o jeito que o homem pega a mulher, quase sempre alguns segundos antes de colar seus lábios aos dela.

A busca por essa pegada perfeita é um dos grandes desafios do homem moderno. É preciso que haja um equilíbrio mágico entre sensualidade e agressividade, um mix composto por uma dose de homem das cavernas e outra de intelectual francês. O amante latino com pós-graduação em Harvard, sabe?

Note bem, não tem nada a ver com agarrar uma mulher à força. PelamordeDeus. Qualquer homem que força algum tipo de situação com uma mulher não merece bronca – merece cadeia.


A pegada a que me refiro aqui pode até ser romântica, mas tem que ter um toque Neanderthal. Somos grandes primatas, como gosto de lembrar. É como a teoria do aperto de mão: no mundo dos negócios ninguém respeita o homem com aperto de mão fraquinho, sem jeito. Significa falta de personalidade. No amor é a mesma coisa: mulher não gosta de ver homem fazendo biquinho para beijá-la. Mulher gosta de ver o coração batendo nos olhos do cara.
Essa história de pegada tem muito a ver com a atitude. Como dizem por aí, é uma questão de jeito, não de força. E o homem nunca pode ser 100% bonzinho, porque senão ela acostuma e aí ele tem que ser bonzinho para sempre. Homem não pode fazer tudo o que a mulher manda, nem se ela pedir com jeitinho, sussurrando no ouvido e vestida só de lingerie vermelha. Homem bonzinho, embora as mulheres neguem até a morte, enjoa.

Enjoa, na minha humilde opinião, porque a mulher tem que viver numa certa tensão emocional para se manter apaixonada. Ela tem que ficar na dúvida se o cara vai ligar ou não, se vai convidá-la para jantar ou não. Tudo o que é muito previsível perde a graça. E nada mais sem graça do que um cara sem pegada. Pegou?