A moda na Festa do Peão em Barretos

Estadão

28 Julho 2007 | 18h17

cavalgada

Irrá! Saiu no sábado (28/7) a ‘Cavalgada do Centenário’, uma viagem (a cavalo, claro) em homenagem aos 100 de Oscar Niemeyer. A cavalgada idealizada pelo neto dele, Carlos Oscar Niemeyer Magalhães, sai de Goianá, em Minas Gerais, e percorrerá 750 km durante 18 dias até chegar em Barretos para inauguração da 52ª Festa do Peão Boiadeiro, dia 15 de agosto. O legal é que não é apenas um passeio a cavalo para curtir a paisagem: os 16 cavaleiros vão distribuir livros pelas cidades por onde passarem.

Fui à festa de Barretos uma vez e achei bem legal. Eu estava a trabalho, cobrindo o evento para o Jornal da Tarde, mas deu para aproveitar o clima ‘country’ do lugar. Inicialmente eu achava que os rodeios machucavam os animais, etc, mas depois eu vi que os bois são super bem tratados, mais bem tratados até do que os peões. 🙂

Tenho que admitir que não foram apenas os rodeios que me chamaram a atenção, mas todo o clima na cidade. Eles vivem o estilo country muito intensamente, é muito interessante. Parece que a gente está no Texas, onde eu morei quando era adolescente. Em Barretos eu quase usei chapéu de cowboy para ficar mais enturmado, mas desisti porque eu ficaria muito ridículo. Isso é para quem é cowboy de verdade, não para quem quer impressionar as cowgirls. Porque o mais legal da festa, claro, eram as rainhas e princesas eleitas pelo público. Como eu ainda não era casado na época, posso falar com liberdade: eram lindas. E uma delas foi bastante simpática, admito.

Outra coisa legal da festa de Barretos este ano: vai ter um clima meio ‘Brokeback Mountain’ no ar. Todo mundo sabe que tem muito peão gay por aí, acho que não é novidade para ninguém. (Tem gay em todas as áreas, aliás, para quem ainda não percebeu.) Este ano haverá uma festa GLS, chamada ‘Somos Todos Iguais’ e apadrinhada pelo criador da São Paulo Fashion Week, Paulo Borges. A balada acontece no dia 17 de agosto e será em formato ‘rave’, com muita música eletrônica e convidados VIP, como estilistas, celebridades e artistas. Haverá até um desfile de moda. O mais legal é que as roupas serão leiloadas e a renda vai para o Hospital de Câncer de Barretos. Quer dizer: dá para a galera se divertir, dançar e ainda ajudar as pessoas. Talvez eu vá. Mas como sou casado, desta vez eu não poderia prestar muita atenção às rainhas e princesas. Pena.