Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Primavera Literária leva literatura brasileira para Paris

Cultura

Primavera Literária leva literatura brasileira para Paris

Cultura

ANDRé NEVES

Primavera Literária leva literatura brasileira para Paris

Com curadoria de Leonardo Tonus, da Universidade de Sorbonne, evento tem na literatura infantil e juvenil um de seus pilares; Lúcia Hiratsuka e Roger Mello integram delegação

Bia Reis

15 Março 2016 | 06h00

Mais de 30 romancistas, ilustradores, quadrinistas, poetas, cineastas, fotógrafos, dramaturgos e contistas participam de 21 a 31 de março, em Paris, da terceira edição da Primavera Literária, evento criado para levar a literatura brasileira contemporânea a espaços de ensino do português na França. Com curadoria de Leonardo Tonus, coordenador do Departamento de Estudos Lusófonos da Universidade de Sorbonne, e organização das jornalistas e escritoras Simone Paulino, editora da Nós, e Verônica Lessa, o evento tem na literatura infantil e juvenil um de seus pilares. Entre os autores que integram a delegação brasileira deste ano estão Lúcia Hiratsuka, Roger Mello, Roberto Parmeggiani, Marcello Quintanilha, Ieda de Oliveira e Mariza Baur.

A Primavera Literária nasceu inicialmente para promover a formação dos estudantes da Sorbonne, mas extravasou os portões da universidade e se consolidou como um espaço de discussões literárias e de promoção e divulgação da cultura brasileira e da língua portuguesa.

Angela Lago participou da edição de 2015

Angela Lago participou da edição de 2015

Neste ano, pela primeira vez, o evento passa a ocorrer em outros países, com encontros paralelos na Holanda, na Universidade de Leiden, organizado pela professora Sara Brandellero; na Alemanha, em espaços institucionais e culturais em Berlim, coordenador pelo escritor e professor Antonio Salvador e pela jornalista e criadora do Círculo Literário de Berlim, Luciana Rangel; e na Itália, durante a Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, graças à atuação de Verônica Lessa e do escritor Roberto Parmeggiani.

A Primavera Literária será composta por atividades em sala de aula, encontro, leituras, lançamentos, exposições e ateliês em espaços como a Embaixada do Brasil na França, a Fundação Gulbenkian, Maison du Brésil, Maison de l’Amérique Latine e Maison de la Culture du Japon à Paris, além de escolas do ensino básico.

Estante de Letrinhas no Facebook: Curta!
E também no Twitter: Siga!

A programação fora de Paris com foco na literatura infantojuvenil começa no dia 4 de abril, em Bolonha, com a apresentação dos livros A Avó Adormecida, do italiano Roberto Parmeggiani, e Orelhas de Borboleta, do brasileiro André Neves, que estarão presentes. No dia 5, haverá o debate Visível/Invisível, com Parmeggiani, o escritor e ilustrador Gusti, a escritora Sharon Draper, a pedagoga e terapeuta de arte Beatrice Vitali, o presidente do Ibby internacional Willy de Donker, a presidente do Ibby na Itália, Silvana Sola, e Vinicio Ongini, do Ministério da Educação da Itália. No mesmo dia haverá o sarau literário Entre Itália e Brasil: Novos Caminhos para a Literatura Contemporânea, com o escritor Jessé Andarilho, Verônica Lessa, Simone Paulino e Leonardo Tonus. Nos dias 6 e 7 serão realizadas duas oficinas criativas, a primeira com André Neves e a segunda, com Lúcia Hiratsuka.

Outras informações sobre a Primavera Literária podem ser obtidas pelo Facebook ou no site do evento.