Poemas de (para) pequeno bichos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Poemas de (para) pequeno bichos

Janaina Tokitaka propõe uma lente de aumento nos insetos por meio de poemas que misturam metáfora e 'ciência da pura'

Bia Reis

16 Outubro 2017 | 06h00

Janaina Tokitaka é autora de ver grande, mas sem esquecer os pequenos. Isso podemos dizer sobre os temas de seus livros e sobre a quem ela acha que vai atingir com suas escritas e imagens. Artista plástica que desde 2010, passeia bem pelo mercado da literatura infantojuvenil. Parece tão interessada em tocar os leitores mais novos – com temas que os interessam e linguagem cuidada para que se sintam acolhidos – quanto os mais velhos, ou os de qualquer idade, transparecendo grande pesquisa antes de fazer as obras.

O livro Pequenas Armaduras, lançado pela Editora ÔZé, traduz um pouco desta análise. Janaina nos propõe uma lente de aumento aos insetos por meio de poemas que misturam metáfora e “ciência da pura” com o próprio olhar que (podemos) ter sobre eles. Cada dupla de páginas um inseto, um poema, um encontro:

 

A cigarra deixa pra trás
Tudo que está apertado
Versões menores dela mesma
Cascas finas registrando
A pequeneza do passado

 

Eu se fosse cigarra
Coletaria as velhas peles
E me observaria então
Como quem ao ontem se agarra

 

É melhor do que eu a cigarra

 

Belíssimos toques de natureza brincam com nossas referências de outras leituras da vida:

 

Ícaro é irrelevante
Frente à insistência heróica
Da mariposa contra a lâmpada

 

Como leitores, não é difícil se reportar a outros poetas, como o mestre da natureza Manoel de Barros. Mas o poeta matogrossense nos encanta pela misturança entre ele e os bichos, rios, plantas. Janaina nos dá a posição de observadora, como mesmo se nos ajudasse a olhar de lupa vidas que nos acontecem independentemente da relação humana com elas. Tira um sarro mesmo de nossa prepotência:

 

Tudo no mundo morre, menos a mosca
Que vive apenas um mês
Há sessenta e cinco milhões de anos

 

Acompanham os poemas em texto imagens em tintas e lápis em cores diversas e traços ora bem precisos, ora um tanto borrados em movimento. Tudo se move neste livros: as palavras, os desenhos, a artista. Como a própria natureza.

Janaina já esteve outras vezes nesta Estante de Letrinhas, com Lobo do CenteioEu,

Serviço
Pequenas Armaduras
Autora: Janaina Tokitaka
Editora: ÔZé
Preço sugerido: R$ 48

(Bia Reis e Cristiane Rogerio)