Malala, a garota paquistanesa que desafiou o Talibã
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Malala, a garota paquistanesa que desafiou o Talibã

A jornalista Adriana Carranca narra a história da menina que enfrentou radicais islâmicos e lutou pelo direito de estudar; ilustrações são de Bruna Assis Brasil

Bia Reis

16 Maio 2015 | 00h12

Malala

Histórias que se passam em um reino distante, cercado por montanhas, com príncipes e princesas e um protagonista que busca a felicidade são comuns na literatura infantojuvenil. Malala, a Menina Que Queria Ir Para a Escola, porém, é diferente de todas as outras: aconteceu de verdade. Além de apresentar uma narrativa verídica, quase um conto de fadas às avessas, em que a personagem principal não quer casar, mas sim estudar, a jornalista Adriana Carranca, repórter especial do Estado, traz para crianças e adolescentes um gênero até então usado apenas na literatura adulta: o livro-reportagem. Clique aqui para ler a reportagem completa que fiz para o Caderno 2.

Quem quiser conhecer a história de Malala e a Adriana pode aproveitar o lançamento do livro, que será neste sábado, dia 16, a partir das 16 horas, na Livraria da Vila da Alameda Lorena. Haverá contação de histórias com Kiara Terra.

Estante de Letrinhas no Facebook: Curta!
E também no Twitter: Siga!

Serviço
Malala, a Menina Que Queria Ir Para a Escola
Escritora: Adriana Carranca
Ilustradora: Bruna Assis Brasil
Editora: Companhia das Letrinhas
Preço: R$ 29,90

Lançamento
Dia 16/5, às 16 horas
Livraria da Vila – Alameda Lorena, 1.731