Podcast: Hannah Arendt

Podcast: Hannah Arendt

Dando início à parceria com o Café Filosófico do Instituto CPFL, publicamos a entrevista com Celso Lafer, Claudia Perrone-Moisés e Eduardo Jardim sobre a filósofa Hannah Arendt na rádio Estado da Arte.

Estado da Arte

06 Dezembro 2017 | 12h00

Dando início à parceria com o Café Filosófico do Instituto CPFL, o Estado da Arte apresenta o podcast com uma entrevista sobre Hannah Arendt com Celso Lafer, professor de Filosofia e Teoria Geral do Direito na Universidade de São Paulo e autor de A Reconstrução dos Direitos Humanos: um diálogo com o pensamento de Hannah ArendtClaudia Perrone-Moisés, professora de Direito Internacional da Universidade de São Paulo e coordenadora do Centro de Estudos Hannah Arendt; e Eduardo Jardim: professor de Filosofia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e autor de Hannah Arendt – pensadora da crise e de um novo início.

Em março e abril deste ano o Café Filosófico promoveu na sede do Instituto CPFL em Campinas o módulo Novos Horizontes da Responsabilidade, sob curadoria do filósofo Oswaldo Giacoia Jr. Entre os palestrantes do Ciclo esteve o próprio professor Lafer, num encontro dedicado ao Desenvolvimento sustentável e as novas implicações da responsabilidade. Arendt, de quem Lafer foi discípulo, foi citada em vários momentos durante o ciclo como uma das principais fontes para se pensar a responsabilidade nos tempos contemporâneos. Central para a sua vida e obra foi a busca de uma nova concepção de Cidadania, capaz de garantir os direitos fundamentais de todos e, ao mesmo tempo, estimular em cada indivíduo a busca de uma vida ativa que envolva a consecução de (i) um trabalho, como meio de subsistência, (ii) a criação de uma obra, que exprima seus anseios e ideais sobre o mundo, e (iii) a ação política, na busca de uma sociedade plural e solidária.

Apesar de recusar o título de “filósofa” em favor de “teórica da política”, dada a amplitude da concepção de “política” de Hanna Arendt, é natural que sua vida e obra dialogue em diversos momentos com o trabalho promovido com o Café Filosófico. Em setembro desse mesmo ano, por exemplo, o Instituto CPFL promoveu o ciclo Do paradigma da dominação ao do cuidado com curadoria de Carlos Plastino, e um pouco antes, em 2016, o ciclo Visões da Justiça, comandado por Fernando Schüler, com participações de Luiz Felipe Pondé e Andreia Faggion.  


Confira a entrevista na Rádio Estado da Arte:

Confira no Café Filosófico

Veja também:

Mais conteúdo sobre:

Hannah Arendt