Teatro: confira as peças que chegam aos palcos de São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Teatro: confira as peças que chegam aos palcos de São Paulo

Júlia Corrêa

12 Abril 2018 | 16h40

O livro homônimo do escritor austríaco Thomas Bernhard dá origem a Extinção, espetáculo solo estrelado por Denise Stoklos. Com este trabalho, que passou recentemente pelo Festival de Teatro de Curitiba, a atriz paranaense dá início às celebrações por seus 50 anos de carreira. Ela também está à frente da direção da peça, contando com a parceria dos paulistas Francisco Medeiros e Marcio Aurelio.
A obra de Bernhard foi apresentada à atriz pelo psicanalista e escritor Ricardo Goldenberg, que assina a dramaturgia.

Foto: Leekyiung Kim

Em cena, Denise interpreta textos dela mesma, e os relaciona com o romance publicado pelo austríaco em 1986. No palco, dá ênfase ao tom cruel e ao ritmo vertiginoso e repetitivo presentes no livro. No enredo do romance, o protagonista pertence a uma família de latifundiários, que volta ao lar após a morte de parentes. Assim, uma das temáticas principais do espetáculo é a crítica a valores conservadores presentes em determinadas configurações familiares – os quais envolvem, entre outros aspectos, o isolamento, o egocentrismo e a intolerância.

75 min. 16 anos. ONDE: Sesc Consolação. Teatro Anchieta (280 lug.). R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. QUANDO: Estreia 6ª (13). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. Até 20/5. QUANTO: R$ 12/R$ 40.

CONFIRA OUTRAS ESTREIAS

Amor Barato – O Romeu e Julieta dos Esgotos
Com 37 canções originais, o musical une referências reais, fábulas tradicionais e histórias de amor clássicas para narrar o romance entre Dona e Dom, membros de famílias poderosas rivais, em uma trama que se passa nos subterrâneos de uma metrópole. Dir. Fábio Espírito Santo e Ana Paula Bouzas. 80 min. 16 anos. Teatro Itália (290 lug.). Av. Ipiranga, 344, metrô República, 3255-1979. Estreia 5ª (19). 4ª e 5ª, 21h. R$ 40. Até 31/5.

O Arquiteto e o Imperador da Assíria
Ligada ao ‘teatro do absurdo’, a obra do espanhol Fernando Arrabal ganha montagem dirigida por Léo Stefanini. A peça se desenrola em uma ilha deserta, onde se encontram um sobrevivente de um acidente aéreo e um nativo. Com Rubens Caribé e Eduardo Silva. 80 min. 12 anos. Teatro Jaraguá (276 lug.). R. Martins Fontes, 71, Bela Vista, 3255-4380. Estreia 6ª (13). 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 50. Até 1º/7.

Borderline
No monólogo dirigido por Marcello Gonçalves, o ator Bruce Brandão interpreta um rapaz que sofre de transtorno de personalidade. Ao longo da peça, o personagem se posiciona diante de temas como família, sexualidade e dependência química. 55 min. 16 anos. Espaço Parlapatões (100 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 158, Consolação, 3258-4449. Estreia 6ª (13). 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 40. Até 20/5.

Eu Sei Exatamente como Você se Sente
A partir de monólogos do dramaturgo britânico Neil Barlett, a peça do Núcleo Experimental reúne depoimentos do próprio autor sobre como é ser homossexual na sociedade contemporânea. A direção é de Inês Aranha e Zé Henrique de Paula. 70 min. 14 anos. Teatro do Núcleo Experimental (65 lug.). R. Barra Funda, 637, Barra Funda, 3259-0898. Estreia 3ª (17). 3ª e 4ª, 21h. R$ 40. Até 30/5.

A Rainha do Rádio
Escrita por Pedro Fabrini e dirigida por Eduardo Martini (que também atua), a comédia mostra a rotina de Elenice (Viviane Alfano), mulher solitária que tem o rádio como seu melhor amigo. 70 min. 10 anos. Teatro Itália (276 lug.). Av. Ipiranga, 344, metrô República, 3255-1979. Estreia 6ª (13). 6ª, 21h30. R$ 60. Até 15/6.

O Rei da Vela
Com adaptação de Hugo Possolo e direção musical de Fernanda Maia, os Parlapatões encenam texto de Oswald Andrade. A montagem enfatiza o caráter burlesco e festivo da obra. 85 min. 14 anos. Sesc Santana. Teatro (330 lugares). Av. Luiz Dumont Villares, 579, 2971-8700. Estreia hoje (13). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 9/R$ 30. Até 6/5.

O Tempo É Só uma Questão de Cor
Assinado por Antonio Gilberto, o espetáculo reúne fragmentos de textos de Caio Fernando Abreu. Temas como o amor, a solidão e a falta de comunicação entre as pessoas são levados à cena pelo ator Mauricio Silveira. 70 min. 12 anos. Teatro Sérgio Cardoso. Sala Paschoal Carlos Magno (144 lug.). R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, 3288-0136. Estreia 6ª (13), 19h. Sáb., 19h30; dom., 17h; 2ª, 20h. R$ 40. Até 7/5.

Quer saber, agora, quais as estreias do cinema? Confira salas e horários de exibição no Guia de Cinema do Divirta-se.

Mais conteúdo sobre:

teatroDivirta-sepeçasmusical