Retrospectiva de Rodrigo Andrade está entre as dicas de exposições da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Retrospectiva de Rodrigo Andrade está entre as dicas de exposições da semana

Júlia Corrêa

07 Dezembro 2017 | 13h53

Com curadoria de Taisa Palhares, Rodrigo Andrade: Pintura e Matéria (1983-2014) propõe uma retrospectiva do artista paulistano na Estação Pinacoteca.
Andrade ganhou destaque ao formar, nos anos 1980, o grupo Casa 7, ao lado de nomes como Nuno Ramos e Carlito Carvalhosa. Na época, sua produção era influenciada pelo neoexpressionismo. Depois, o artista passou a valorizar, sobretudo, o acúmulo de tinta e o uso de elementos como papelão e madeira.

Foto: Edouard Fraipont

Com mais de cem obras, o conjunto traz desde criações daquele período inicial até uma instalação criada especialmente para o local da mostra – que segue uma série de intervenções pictóricas em espaços públicos, iniciada nos anos 2000.

ONDE: Lgo. Gal. Osório, 66, metrô Luz, 3335- 4990. QUANDO: Inauguração: sáb. (9), 11h. 10h/18h (fecha 3ª). Até 12/3/2018. QUANTO: R$ 6 (dezembro, grátis).


CONFIRA OUTRAS BOAS EXPOSIÇÕES PARA VER EM SÃO PAULO

Anri Sala: o Momento Presente
O IMS exibe videoinstalações sonoras do albanês, em que ele alia situações pessoais, históricas e políticas. No dia da abertura, às 19h, haverá conversa entre o artista e a curadora Heloisa Espada. Av. Paulista, 2.424, metrô Paulista, 2842-9120. Inauguração: 3ª (12), 18h. 10h/20h (5ª, 10h/22h; fecha 2ª). Grátis. Até 25/3/2018.

Foto: Anri Sala

Amélia Toledo
Com curadoria de Marcus Lontra, ‘Lembrei que Esqueci’ reúne 60 obras da artista, entre esculturas, peças de design, pinturas e desenhos. CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651. 9h/21h (fecha 3ª). Grátis. Até 8/1/2018.

Galeria e Anexo Millan
Com curadoria de João Bandeira, ‘Décio Pignatari – Na Arte Interessa o Que Não’ leva ao primeiro espaço 30 trabalhos produzidos entre os anos 1950 e 2000 pelo poeta (1927-2012), como manuscritos originais, cartas, fotografias e materiais sonoros. Já ‘Pisa na Paúra’ leva ao Anexo a produção mais recente de Lenora de Barros, com vídeo, instalação, lambe-lambe e cerâmica. R. Fradique Coutinho, 1.360 e 1.416, V. Madalena, 3031-6007. 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom.). Grátis. Até 20/12.

Julio Le Parc: da Forma à Ação
O Instituto Tomie Ohtake recebe retrospectiva do argentino, conhecido como um dos pioneiros da arte cinética. São exibidos mais de cem trabalhos do artista, com curadoria de Estrellita B. Brodsky. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. 11h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até 25/2/2018.

ESPECIAL

Fundação Ema Klabin
O espaço comemora seus dez anos com o lançamento de ‘A Coleção Ema Klabin’, livro sobre sua coleção de arte. A publicação traz textos de dez especialistas em história da arte, que destacam as mais de 1.500 peças da casa-museu. A partir das 16h30, haverá show da Tito Martino Jazz Band. R. Portugal, 43, Jd. Europa, 3897-3232. Sáb. (9), 14h. Grátis.