Masp exibe seis pinturas vindas da Tate Modern; confira as novidades de exposições
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Masp exibe seis pinturas vindas da Tate Modern; confira as novidades de exposições

Júlia Corrêa

10 Maio 2018 | 12h10

A partir de 5ª (17), o Masp exibirá seis pinturas vindas do acervo do museu Tate Modern, de Londres, que serão expostas entre seus famosos cavaletes de cristal. Na seleção, estão as obras ‘Dorelia in a Black Dress’, de Gwen John; ‘Coming Out of School’, de L.S. Lowry (foto); ‘The Bride (Lawrence Alloway)’, de Sylvia Sleigh; ‘Seated Figure’, de Francis Bacon; ‘They Always Appear’, de Ibrahim El-Salahi; e ‘Head of a Man’, de F. N. Souza. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 10h/18h (5ª, 10h/20h; fecha 2ª). R$ 35 (3ª, grátis). Até 16/2/2019.

Foto: The Estate of L.S. Lowry/Autvis, Brasil, 2018

Confira outras dicas do roteiro de exposições

Muti Randolph
A partir de uma parceria entre o SP_Urban Digital Festival e o projeto de educação no trânsito Maio Amarelo, o Largo da Batata recebe uma criação do artista Muti Randolph. Ele apresenta ‘+++’, uma escultura em LED tridimensional, que busca despertar a curiosidade dos pedestres. Metrô Faria Lima. Inauguração: 5ª (17). 16h/6h. Grátis. Até 31/5.

Rodrigo Bivar
Com uma produção inicialmente marcada pelo figurativo, Rodrigo Bivar volta-se, cada vez mais, à pintura abstrata. Em ‘É Umas’, o artista, de 36 anos, apresenta sete dessas obras, que trazem divisões geométricas e cores contrastantes e ‘aleatórias’. Galeria Millan. R. Fradique Coutinho, 1.360, V. Madalena, 3031-6007. Inauguração: 3ª (15). 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 9/6.

Amazônia: Os Novos Viajantes
Com curadoria de Cauê Alves e Lucia Lohmann, a mostra aborda questões ambientais a partir de três seções. O Núcleo Histórico exibe obras dos primeiros viajantes que desbravaram a Amazônia, como Alexander von Humboldt. O Núcleo Científico reúne filme sobre uma expedição científica realizada por Lucia e equipamentos de pesquisa. E o Núcleo de Arte apresenta obras de artistas que participaram da mesma expedição, como a portuguesa Gabriela Albergaria, e daqueles que viajaram para a região em outros momentos, como Flavio de Carvalho e Claudia Andujar. MuBE. R. Alemanha, 221, Jd. Europa, 2594-2601. Inauguração: sáb. (12). 10h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até 29/7.

Isso É Coisa de Preto – 130 Anos da Abolição da Escravidão
A mostra ironiza uma expressão brasileira preconceituosa para ressaltar a excelência de manifestações culturais afro-brasileiras. Além de reunir obras de artistas daqui, como Mestre Valentim e Nelson Sargento, também exibe a produção de Cuba e Haiti, com esculturas e pinturas que revelam o sincretismo religioso dos países. Museu Afro Brasil. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Pq. Ibirapuera, portão 10, 3320-8900. Inauguração: sáb. (12), 11h. 10h/ 18h (fecha 2ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até 29/7.

Arte Cusquenha
A mostra apresenta uma seleção de obras da pintura colonial andina, criadas entre o século 18 e 19 por artistas locais da cidade imperial de Cuzco. Espaço Cultural Humanar. R. Brig. Galvão, 996, Barra Funda, 3047-3047. Inauguração: sáb. (12), 16h/21h. 6ª e sáb., 10h/18h. Grátis. Até 16/6.

Bertrand de Gouttes
A mostra ‘A Longa Travessia’ apresenta imagens feitas pelo fotógrafo francês, que percorreu milhares de quilômetros do Rio Amazonas, desde Tabatinga até Belém. Aliança Francesa. Auditório. Av. Brig. Faria Lima, 2.421, Pinheiros, 3572-2379. Inauguração: 6ª (11). 9h/19h (sáb., 9h/13h; fecha dom.). Recomenda-se agendamento: 3017-5699. Grátis. Até 19/5.

Entre Papéis, Fotografias e Objetos: o Acervo de Rizkallah Jorge Tahan
A exposição, que marca a inauguração da Casa da Boia Cultural, apresenta a trajetória do empresário que fundou a Casa da Boia em 1898 para abordar a influência dos imigrantes sírios e libaneses no desenvolvimento urbano de São Paulo. R. Florêncio de Abreu, 119, Centro. Inauguração: 2ª (14). 10h/16h30 (fecha sáb. e dom.). Grátis. Até 29/6.

João Loureiro
Abordando preceitos ligados ao futurismo, o artista relaciona o espaço da galeria com um açougue da região, o Central Beef (R. Gal. Jardim, 383, V. Buarque, 3237-3084). Entre as carnes da vitrine, ele posiciona uma escultura de carne moída que reproduz, em escala reduzida, uma obra do inglês Henry Moore. A escultura é substituída sempre que a carne atinge a data de validade. Uma vez por semana, então, Loureiro recolhe moscas mortas de uma armadilha luminosa ali instalada e as leva para a galeria, inserindo-as numa escultura de isopor que reproduz uma obra do italiano Umberto Boccioni. Galeria Jaqueline Martins. R. Dr. Cesário Mota Jr., 443, V. Buarque, 2628-1943. Inauguração: sáb. (12). 10h/19h (sáb., 12h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 21/7.

Luisa Zimmer Ritter
Com o título ‘Nachleben – Cenas Contínuas’, a mostra apresenta pinturas de diferentes séries realizadas pela artista entre 2014 e 2018, com óleo e cera de abelha sobre tela. Face Gabinete de Arte. R. Cunha Gago, 208, Pinheiros, 3813-7330. Inauguração: 5ª (17). 11h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 2/6.

Paulo Hardt
Na mostra ‘Vamos a La Playa’, o artista Paulo Hardt apresenta 21 fotografias sobre papel algodão, sob curadoria de Roseli Dermercian. CasaGaleria. R. Fradique Coutinho, 1.216, V. Madalena, 3841-9620. Inauguração: sáb. (12). 13h/20h (sáb., 13h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 9/6.

Simone Silvério
Na exposição ‘Mandala Babies’, a fotógrafa exibe 26 imagens de recém-nascidos sobre mandalas coloridas feitas por artesãos em diferentes materiais. A ideia é ressaltar o homem em seus estado mais ‘puro’. Galeria StudioTrend. R. Costa Carvalho, 213, Alto de Pinheiros. Inauguração: sáb. (12). 9h/18h (fecha dom.). Grátis. Até 9/6.