As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Le Jazz Petit-Bar abre ao lado da famosa casa em Pinheiros

Rafael Sousa Muniz de Abreu

07 Janeiro 2016 | 16h57

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Projeto pensado pelos sócios do Le Jazz desde 2014, o Le Jazz Petit-Bar só abriu recentemente, em dezembro do ano passado. Colado na matriz da casa de Chico Ferreira, Paulo Bitelman e Gil Carvalhosa Leite, o bar é pequeno, mas bem produzido. A decoração é à moda antiga, com um balcão de nove lugares, cartazes de jazz nas paredes e mesas na calçada – e o estabelecimento é comandado pelo barman chileno Rodrigo Sepúlveda.

Na carta, os drinques são situados nas épocas em que estavam em voga – o dry martini (R$ 31), por exemplo, está na seção ‘Old School’, dedicada aos anos 1930. Além de receitas clássicas, há uma seção de criações autorais, como o delicioso ‘Miles Davis’ (R$ 38), com uísque, xarope de hibisco, suco de maracujá, hortelã e bitter Peychaud’s. A seção de gins-tônicas também chama a atenção: há quatro variações do drinque, caso do ‘Queens Delight’ (R$ 34), que leva gim infusionado com Earl Grey, gomos de limão-siciliano, canela, bitter aromático e tônica artesanal.

Para comer, destaque para os ‘Petit Plats’, comidinhas que vêm em porções como a casa – reduzidas, mas caprichadas. O de alho-poró (R$ 16), com vinagrete, ovo e cebolinha, é uma boa pedida. Os croquetes de ‘Pied de Cochon e Chorizo’ (R$ 12, duas unid.), recheados com chorizo, pé e joelho de porco, também. É uma pena que venham tão poucos.

Serviço: R. dos Pinheiros, 262, Pinheiros, 2359-8141. 17h/0h (fecha 2ª).  Cc. e Cd.: A, M e V.