As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Falado em linguagem de sinais, 'A Gangue' não tem legendas

Redação Divirta-se

15 Maio 2015 | 07h00

Exibido no Festival de Cannes em 2014, onde ganhou o Grand Prix da Semana da Crítica, o ucraniano A Gangue é uma espécie diferente de filme silencioso. Protagonizado por personagens surdos-mudos, o drama é todo ‘falado’ na linguagem de sinais, mas com a particularidade de ser exibido sem nenhuma legenda – o espectador tem de desvendar a trama apenas com o auxílio das imagens chocantes e violentas do longa. A história é a de um adolescente ucraniano (Grigoriy Fesenko) que, ao entrar num internato em Kiev, é introduzido num submundo de estudantes ameaçadores e atos criminosos, entre eles a prostituição de duas meninas. Ao se apaixonar por uma garota no momento em que seu cafetão pretende mandá-la para a Itália, o novato entra em apuros. Rafael Abreu