As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira roteiro completo de Teatro e Dança

Marina Vaz

21 Janeiro 2016 | 18h46

A seguir, os espetáculos que estão em cartaz entre os dias 22/1 e 28/1

ESTREIAS 

As Benevolentes – Uma Anatomia do Mal
Thiago Fragoso encena, adaptação do romance de Jonathan Littell. Dirigida por Ulysses Cruz, mostra um burocrata que se tornou um oficial nazista. 75 min. 12 anos. Hebraica. Teatro Arthur Rubinstein (520 lug.). R. Hungria, 1.000, 3818-8888. Estreia hoje (22). 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 18h. R$ 60/R$ 80. Até 28/2.

Cabras – Cabeças que Voam, Cabeças que Rolam
A guerra é o objeto de investigação da Cia. Balagan em seu novo espetáculo. Escrita por Luís Alberto de Abreu, a peça reúne 20 crônicas independentes. Nelas, surgem aspectos como vingança, inimizade, conflitos parentais e nomadismo. Dir. Maria Thaís. 120 min. 12 anos. CCSP (80 lug.). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. Estreia sáb. (23). 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 20. Até 13/3.

Dadesordemquenãoandasó
A Companhia Artera de Teatro e a Cia. Provisório-Definitivo se juntam para levar ao palco o texto do escocês Davey Anderson. Em uma mistura de elementos de teatro e cinema, o enredo retrata os desencontros de uma família de classe média. Dir. Carlos Baldim. 80 min. Livre. Viga Espaço Cênico (80 lug.). R. Capote Valente, 1.323, Pinheiros, 3801-1843. Estreia 4ª (27). 4ª e 5ª, 21h. R$ 20. Até 11/2.

Memórias de Adriano
O famoso romance de Marguerite Yourcenar merece adaptação para o teatro. Luciano Chirolli encarna o imperador Adriano, na montagem de Tereza Falcão, com direção de Inez Viana. 75 min. 16 anos. CCSP. Sala Jardel Filho (321 lug.). R. Vergueiro, 1.000, 3397-4002. Estreia hoje (22). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h30. R$ 20. Até 28/2.

Nise da Silveira – Guerreira da Paz
A psiquiatra brasileira, discípula de Jung, é homenageada com espetáculo que une teatro, música, dança e projeções. Uma das primeiras mulheres a se formar em medicina no Brasil, a alagoana ficou conhecida por se negar a praticar os polêmicos tratamentos com eletrochoque. Texto e dir. Daniel Lobo. 95 min. 16 anos. Masp. Auditório (374 lug.). Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-Estreia hoje (22). 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 60. Até 28/2.

Teorema 21
A montagem do Grupo XIX de Teatro é inspirada no livro e no filme ‘Teorema’, do italiano Pier Paolo Pasolini. Com dramaturgia de Alexandre Dal Farra, o espetáculo conta a história de uma família que, após uma longa ausência, volta a morar em seu antigo lar. Lá, eles experimentam a sensação de estagnação, rompida apenas pela chegada de um forasteiro. Dir. Luiz Fernandes Marques. 75 min. 18 anos. Vila Maria Zélia (40 lug.). R. Mário Costa, 13, Belém, 2081-4647. Estreia hoje (22). 6ª a dom., 18h. Grátis. Até 5/3.

Tudo no Seu Tempo
O texto do inglês Alan Ayckbourn mistura suspense, comédia e trama policial. Em 2036, uma jovem garota de programa foge de um psicopata pela porta de uma dispensa – que a leva para o passado, no caso, o ano de 2016. Dir. Eduardo Muniz. Com Cynthia Falabella, Fernanda Couto e outros. 105 min. 14 anos. Teatro Jaraguá (265 lug.). R. Martins Fontes, 71, Bela Vista, 3255-4380. Estreia hoje (22). 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 19h. R$ 50. Até 20/3.

Volpone
Obra da era elisabetana, conta a trajetória de um milionário falido que arquiteta um plano para recuperar sua fortuna. Nesta versão, Chico Carvalho assume o papel-título, sob direção de Neyde Veneziano. 90 min. 12 anos. MuBE Nova Cultural (192 lug.). R. Alemanha, 221, 2386-8194. Estreia hoje (22). 6ª e sáb., 21h30; dom., 20h30. R$ 50/R$ 60. Até 13/3.

REESTREIAS

Os 120 Dias de Sodoma
No texto de Rodolfo García Vázquez, a partir do clássico de Marquês de Sade, quatro poderosos libertinos levam jovens para um castelo isolado nas montanhas. Ali, ocorrem 120 dias de orgia. Com Satyros. 95 min. 18 anos. Estação Satyros. Pça. Roosevelt, 134, Consolação, 3258-6345. A partir de hoje (22). 6ª, 21h. R$ 40. Até 18/3.

Anti-Nelson Rodrigues
Escrita por Nelson Rodrigues em 1973, a peça conta a história de Oswaldinho – menino mimado pela mãe e desprezado pelo pai. Ele se apaixona por Joice e tenta comprá-la, mas, no lugar de dinheiro, ela espera um amor de verdade. A temporada faz parte do projeto Repertório de Verão do Grupo Tapa. Dir. Eduardo Tolentino de Araújo. 90 min. 14 anos. Teatro Aliança Francesa (230 lug.). R. General Jardim, 182, V. Buarque, 3017-5699 (ramal 5602). A partir de hoje (22). 5ª, 6ª e sáb., 20h30; dom., 19h. R$ 50. Até 14/2.

Um Bonde Chamado Desejo
Blanche Dubois (Maria Luisa Mendonça) é uma mulher outrora rica e refinada, agora falida. Ao buscar refúgio na casa da irmã, entra em conflito com o cunhado (Du Moscovis), alternando violência e desejo. De Tennessee Williams. Dir. Rafael Gomes. 110 min. 14 anos. Tucarena (300 lug.). R. Monte Alegre, 1.024, 3670-8455. A partir de sáb. (23). 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 18h. R$ 50/R$ 70. Até 27/3.

A Filosofia na Alcova
A partir da obra do Marquês de Sade, publicada clandestinamente em 1795, a peça apresenta a educação sexual de uma jovem virgem e ingênua, com aulas práticas e teóricas de libertinagem. Texto e dir. Rodolfo García Vázquez. 60 min. 18 anos. Estação Satyros (80 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 134, Consolação, 3258-A partir de sáb. (23). Sáb., 23h59. R$ 40. Até 19/3.

Juliette
Encenada pelo Satyros, a peça conta a história de uma menina criada em convento mas que, aos 13 anos, desiste da vida religiosa e embarca em uma aventura que inclui depravações físicas e morais. O texto é baseado na obra ‘La Nouvelle Justine’, do Marquês

de Sade. Dir. Rodolfo García-

Vázquez. 90 min. 18 anos. Estação Satyros (70 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 134, Consolação, 3258-6345. A partir de sáb. (23). Sáb, 21h. R$ 40. Até 19/3.

Não Fornicarás
A efemeridade das relações, provocada pelo excesso de vivência nas redes sociais, é o tema desta peça de Rosana Hermann. Com direção de Rodolfo García Vázquez, o espetáculo tem cenas de sexo explícito. 50 min. 18 anos. Espaço dos Satyros Um (70 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 214, Consolação, 3258-6345. A partir de hoje (22). 6ª, 23h59. R$ 40. Até 18/3.

Rolê
Formada por pequenas cenas curtas, a peça discorre sobre a geração dos chamados ‘rolezinhos’, passando por questões como os selfies e a influência da mídia. 60 min. 14 anos. CCSP. Sala Adoniran Barbosa (120 lug.). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. A partir de 3ª (26). 3ª e 4ª, 20h. Grátis (retirar ingresso 2h antes). Até 24/2.

Salamaleque
Inspirada na troca de cartas entre um casal de imigrantes na década de 1930, o espetáculo conta a história de uma família a partir de cenas vividas na cozinha. Dir. Denise Weinberg. 60 min. 12 anos. Instituto Cultural Capobianco (35 lug.). R. Álvaro de Carvalho, 97, Centro, 3237-1187. A partir de sáb. (23). Sáb., 16h e 20h; dom., 16h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 12/3.

ÚLTIMA SEMANA

Mistérios Gozósos
Oswald de Andrade é mais uma vez fonte de inspiração para Zé Celso Martinez Corrêa. O diretor do Oficina atualiza o espetáculo lançado em 1994, feito a partir do poema ‘O Santeiro do Mangue’. Com Marcelo Drummond, Camila Mota e outros. 16 anos. 180 min. Teat(r)o Oficina (300 lug.). R. Jaceguai, 520, República, 3106-2818. Sáb., 21h; dom., 19h. Sessão extra: 2ª (25), 19h. R$ 40/R$ 50. Até 2ª (25).

Navalha na Carne
Obra-prima de Plínio Marcos, o texto merece montagem do Oficina, dirigida e interpretada por Marcelo Drummond. Para recriar o ambiente claustrofóbico do texto, as sessões receberão só 70 espectadores. 60 min. 16 anos. Teat(r)o Oficina (300 lug.). R. Jaceguai, 520, Bela Vista, 3106-2818. 4ª e 5ª, 21h. R$ 30. Até 5ª (28).

EM CARTAZ

O Balcão
A companhia Club Noir faz releitura do texto de Jean Genet. Escrita nos anos 1950, a obra do controverso escritor observa, por meio de jogos eróticos, como funcionam instituições como a Igreja, a polícia e a justiça. Juliana Galdino vive Madame Irma, dona de um bordel onde os homens exercem suas fantasias de poder. Dir. Roberto Alvim. 60 min. 14 anos. Club Noir (50 lug.). R. Augusta, 331, 2309-7271. 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 20. Até 31/1.

Cais ou da Indiferença das Embarcações
O espetáculo é uma reconstrução poética de três gerações de uma mesma família, moradora de Ilha Grande, contada a partir da perspectiva de um barco. Os fragmentos de memória se desenrolam no cais da ilha. Texto e dir. Kiko Marques. Com Velha Companhia. 180 min (com intervalo). 14 anos. Viga Espaço Cênico (70 lug.). R. Capote Valente, 1.323, Pinheiros, 3801-1843. Sáb., 20h; dom., 19h; 2ª, 20h. R$ 20. Até 15/2.

Caminham Nus Empoeirados
No espetáculo, Gero Camilo atua como dramaturgo, diretor e ator. O enredo conta as aventuras e desventuras de dois atores que abandonam sua companhia e caem na estrada. 75 min. 12 anos. Teatro Nair Bello (200 lug.). Shopping Frei Caneca. R. Frei Caneca, 569, 3º piso, Bela Vista, 3472-2414. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 19h. R$ 50. Até 6/3.

O Canal
Escrita pelo dramaturgo norte-americano Gary Richards, a peça ganha montagem da Cia. Cemitério de Automóveis, dirigida por Mário Bortolotto. No enredo, quatro sujeitos estão envolvidos em um desmanche de carros. Com Mário Bortolotto, Carcarah e outros. 80 min. 16 anos. Teatro & Bar Cemitério de Automóveis (35 lug.). R. Frei Caneca, 384, Consolação, 2371-5743. 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 30. Até 28/2.

Diga que Você Já Me Esqueceu
Com texto e direção de Dan Rosseto, o espetáculo é inspirado no universo de Nelson Rodrigues. O enredo retrata o dia do casamento entre Silvio e Lúcia, entre confissões e tragédias. 70 min. 16 anos. Teatro Augusta. Sala Paulo Goulart (302 lug.). R. Augusta, 943, Consolação, 3151-4141. 4ª e 5ª, 21h. R$ 40. Até 31/3.

E se Não Tivesse Amor no Título?
Esta comédia dramática mostra os amores não concretizados de três mulheres, que dividem sorrisos e frustrações. Texto e dir. Renato Andrade. Com Luiza Andrade, Cintia Takeda e outras. 50 min. 12 anos. Teatro Augusta. Sala Experimental (50 lug.). R. Augusta, 943, Consolação, 3151-4141. Sáb., 21h. R$ 40. Até 27/2.

Os Estranhos que Nos Habitam 
A peça de suspense aborda os transtornos de personalidade. O texto de Wagner D’Avilla foi inspirado no ‘Estudo Comportamental da Obediência’, do psicólogo Stanley Milgram, sobre como pessoas comuns podem cruzar os limites tênues da maldade. Dir. Antônio Ranieri. Com Bruno Narchi, Carina Gregório e Diego Antunes. 70 min. 15 anos. Espaço Parlapatões (98 lug.). Pça. Roosevelt, 158, Consolação, 3258-4449. Sáb., 20h. R$ 40. Até 27/2.

Estroboscópio
Com texto e direção de Deivid Porto, a peça retrata o envolvimento entre um jovem escritor e uma bailarina. No enredo, passado e presente se confundem, levando a questionamentos sobre a realidade e sobre a própria racionalidade. Com Ana Moretto, Ariane Botelho e Deivid Porto. 45 min. 14 anos. Top Teatro (60 lug.). R. Rui Barbosa, 201, Bela Vista, 2309-4102. 4ª e 5ª, 21h. R$ 40. Até 31/3.

As Filhas da Mãe
Na comédia escrita por Ronaldo Ciambroni, que ganhou nova montagem, uma mãe de meia idade, Diva Maria, tem uma fracassada trajetória no meio artístico. Mas Diva quer investir na carreira das filhas, também desprovidas de talento. Dir. Maria Dudah Senne. Com Luiggi Francesco, Carmen Sanches e outros. 90 min. 12 anos. Teatro Bibi Ferreira (300 lug.). Av. Brig. Luís Antônio, 931, Bela Vista, 3105-3129. 5ª, 21h. R$ 50. Até 31/3.

Fim de Jogo 
A obra de Samuel Beckett, sobre um velho cego e paralítico, é encenada dentro do apartamento de Renato Borghi, na Avenida Paulista. Na cenografia, objetos pessoais, fotos e móveis da própria casa do ator. Ainda que o texto seja apresentado na íntegra, o espetáculo busca fazê-lo dialogar com o espaço. Dir. Isabel Teixeira. Com Renato Borghi, Elcio Nogueira Seixas e outros. 18 anos. 105 min. Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1777 (ingressos no Itaú Cultural, 1h antes do espetáculo). 5ª a dom., 20h. Grátis. Até 28/2.

Frida y Diego
A complexa relação entre os artistas mexicanos Frida Kahlo e Diego Rivera é o tema da peça. O texto inédito de Maria Adelaide Amaral tem Leona Cavalli e José Rubens Chachá nos papéis dos personagens-título. 90 min. 14 anos. Teatro Raul Cortez (512 lug.). Dr. Plínio Barreto, 285, Bela Vista, 3254-1631. Sáb., 21h; dom., 19h. R$ 80. Até 31/1.

Uma Ilíada
Uma das mais importantes obras da literatura, a ‘Ilíada’, de Homero, é a base para o espetáculo sobre a Guerra de Troia. Acompanhado pela contrabaixista Alana Alberg, Bruce Gomlevsky faz uma releitura dos antigos aedos – artistas andarilhos da Grécia antiga que cantavam os poemas homéricos. 80 min. 14 anos. Sesc Pompeia. Espaço Cênico (40 lug). R. Clélia,93, 3871-7700. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 7,50/R$ 25. Até 31/1.

Intocáveis
Versão teatral do filme francês homônimo, a peça conta a história da inusitada amizade entre o aristocrata tetraplégico Philipe (Marcelo Airoldi) e seu assistente pessoal Driss (Ailton Graça). 110 min. 12 anos. Teatro Renaissance (440 lug.). Al. Santos, 2.233, Jd. Paulista, 3069-2286. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 20h. R$ 100. Até 15/3.

Killer Joe
Criada pelo dramaturgo americano Tracy Letts e apresentada em 15 países, a peça ganha versão brasileira com direção de Mário Bortolotto. No enredo, Chris deve dinheiro a traficantes e, com a ajuda do pai e da madrasta, chama o matador Joe Cooper para resolver o problema. 90 min. 16 anos. Teatro & Bar Cemitério de Automóveis (35 lug.). R. Frei Caneca, 384, 2371-5744. 4ª e 5ª, 21h. R$ 30. Até 10/3.

A Lenda dos Jovens Detentos 
No texto de Leo Lama, Xilí é um interno da Febem e Daniela, uma garota de classe média alta. Durante uma fuga, ele invade a casa da menina e a mantém como refém. Dir. Diego Andrade. 50 min. 15 anos. Espaço Parlapatões (98 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 158, Consolação, 3258-4449. 3ª, 21h. R$ 30. Até 23/2.

Macbeth
O nobre Macbeth (Thiago Lacerda) encontra videntes que prenunciam que ele se tornará rei. Ao saber da profecia, Lady Macbeth (Giulia Gam) convence o marido a matar o rei e tomar o seu lugar. A peça faz parte do projeto Repertório Shakespeare, sob direção de Ron Daniels. 100 min. 14 anos. Sesc Mariana. Teatro (620 lug.). R. Pelotas, 141, 5080-3000. 5ª e sáb., 21h. R$ 18/R$ 60. Até 31/1.

Mata-me de Prazer
Conhecida por seu trabalho na Cia. dos Outros, a atriz, dramaturga e diretora Carolina Bianchi faz espetáculo acompanhada pelo músico Lucas Vasconcellos. No enredo, uma mulher apresenta estudo sobre um país que, após várias catástrofes naturais, vê surgir em seus habitantes uma imensa liberdade sexual. 60 min. 14 anos. Oficina Cultural Oswald de Andrade (30 lug.). R. Três Rios, 363, Bom Retiro, 3221-5558. 3ª e 4ª, 20h. Grátis. Até 3/2.

Medida por Medida
O Duque (Marco Antônio Pâmio) coloca em seu lugar um substituto que quer coibir abusos sexuais com a pena de morte. Mas o encontro com Isabella (Luisa Thiré) irá atrapalhar os planos do puritano. Integra o Repertório Shakespeare. Dir. Ron Daniels. 110 min. 12 anos. Sesc Vila Mariana. Teatro (620 lug.). R. Pelotas, 141, 5080-3000. 6ª, 21h; dom., 18h. R$ 18/R$ 60. Até 31/1.

A Noite em que Blanche Dubois Chorou Sobre Minha Pobre Alma
Estela é uma atriz decadente e frustrada por ter perdido o papel de Blanche Dubois, de ‘Um Bonde Chamado Desejo’. Viúva há oito anos, ela contrata o garoto de programa Johnny, que também tem um passado triste. Juntos, eles partilham seus sonhos e vivências. Dir. Renato Andrade. 70 min. 14 anos. Teatro Augusta. Sala Experimental (50 lug.). R. Augusta, 943, Consolação, 3151-4141. Dom., 19h. R$ 40. Até 21/2.

A Noviça Mais Rebelde
Na comédia, Wilson de Santos interpreta a Irmã Maria José, uma freira que canta, dança e conta histórias de seu passado nada santo. A supervisão artística é de Marcelo Médici. De Dan Goggin. 90 min. 12 anos. Teatro Renaissance (448 lug.). Al. Santos, 2.233, Jd. Paulista, 3069-2286. Sáb. e dom., 18h. R$ 80. Até 27/3.

Otelo
A tragédia de William Shakespeare ganha montagem dirigida por Debora Dubois, com trilha sonora a partir da obra de Caetano Veloso e dos repentistas brasileiros. A atriz Mel Lisboa vive Desdêmona, jovem mulher de Otelo (Samuel de Assis). 120 min. 12 anos. Teatro Faap (500 lug.). R. Alagoas, 903, Higienópolis, 3662-7233. 4ª e 5ª, 20h. R$ 40. Até 25/2.

Um Passo Atrás
No texto de João Fábio Cabral, um homem retorna à sua casa, após a morte da mãe, para resolver uma simples questão burocrática. A partir do encontro com o atual inquilino Jorge, um artista plástico, segredos vêm à tona. Dir. Fabiana Carlucci. Com Camila Graziano e Zemanuel Piñero. 60 min. 12 anos. TOP Teatro (50 lug.). R. Rui Barbosa, 201, Bela Vista, 2309-4102. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 40. Até 28/2.

Roleta-russa
Neste suspense – uma adaptação do livro ‘Suicidas’, de Raphael Montes -, um grupo de universitários da elite carioca decide participar de uma roleta-russa. Um ano após a morte desses jovens, uma nova pista é encontrada. Dir. César Augusto. Com Dan Rosseto, Hélio Souto e outros. 120 min. 16 anos. Espaço Parlapatões (98 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 158, Consolação, 3258-4449. 5ª e 6ª, 21h. R$ 50. Até 26/2.

TempoNorteExtremo
Esta peça-documentário é inspirada em livros do jornalista Lúcio Flávio Pinto. Na Amazônia, ele mantém há 30 anos o Jornal Pessoal, tabloide quinzenal que não aceita anúncios, sobrevivendo da venda em bancas. 60 min. Sede Luz do Faroeste (80 lug.). R. do Triunfo, 305, S. Efigênia, 3362-8883. Sáb., 21h30; dom., 18h. Pague quanto quiser. Até 24/4.

O Testamento de Maria
No texto do escritor e jornalista irlandês Colm Tóibín, a figura icônica de Maria, mãe de Jesus, é humanizada, alternando momentos de ternura, raiva e ironia. Neste monólogo, que tem direção e adaptação de Ron Daniels, ela é vivida pela atriz Denise Weinberg. 80 min. 16 anos. Sesc Pinheiros. Auditório (98 lug.). R. Paes Leme, 195, 3095-9400. 5ª, 6ª e sáb., 20h30. R$ 7,50/R$ 25. Até 13/2.

O Topo da Montanha
O casal de atores Lázaro Ramos e Taís Araújo protagoniza a peça, sobre o encontro do ativista político Martin Luther King com a camareira de um hotel. A moça, em seu primeiro dia de trabalho, examina o líder em seus princípios. Texto de Katori Hall. Dir. Lázaro Ramos. 80 min. 12 anos. Teatro Faap (506 lug.). R. Alagoas, 903, 3662-7233. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 18h. R$ 90. Até 14/2.

Trair e Coçar É Só Começar
Em cartaz desde 1986, a comédia conta as trapalhadas da doméstica Olímpia, que envolve seus patrões em intrigas e confusões. De Marcos Caruso. Dir. José Scavazini. Com Anastácia Custódio e outros. 120 min. 12 anos. Teatro Bibi Ferreira (300 lug.). Av. Brig. Luís Antônio, 931, Bela Vista, 3105-3129. 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 60/R$ 70. Até 27/3.

Os Veranistas
Inspirada em texto homônimo de Gorki, a peça retrata uma viagem de fim de ano entre amigos. A partir daí, são discutidas questões como elitismo e alienação. Dir. Renato Andrade. Com Anita Prades, Bruna Ribeiro e outros. 65 min. 12 anos. Teatro Augusta. Sala Experimental (50 lug.). R. Augusta, 943, Consolação, 3151-4141. 6ª, 21h30. R$ 30. Até 26/2.

MUSICAL

Caravana Tonteria
A atriz Letícia Sabatella protagoniza o espetáculo, que mescla música ao vivo, poesia e cenas teatrais. Acompanhada por Paulo Braga, Fernando Alves Pinto e Zéli Silva, ela canta músicas de compositores como Chico Buarque e Cole Porter. 90 min. Livre. Teatro Itália (276 lug.). Av. Ipiranga, 344, subsolo, metrô República, 3255-1979. A partir de sáb. (23). Sáb., 21h; dom., 19h. R$ 70/R$ 80. Até 28/2.

Chão de Estrelas – Musical
Este lúdico e poético musical retrata a história de dois personagens, a bailarina e o palhaço, com trilha sonora que percorre a chamada Era de Ouro do rádio. São clássicos eternizados nas vozes de Dalva de Oliveira, Carmen Miranda, Nelson Gonçalves, entre outros. Dir. Rubens Lima Junior. Com Ana Luisa Leite, Sabrina Korgut e Tiago Higa. 12 anos. Espaço Promon (300 lug.). Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1.830, Itaim Bibi, 3071-4236. Sáb., 21h; dom., 19h. R$ 80. Até 28/2.

Formidable
No espetáculo, o cantor e ator Mauricio Baduh aborda sua ligação com a canção francesa, desde a infância em Paris até os dias de hoje. Acompanhado por quatro músicos, com participação especial de Ana Luísa Leite, ele interpreta clássicos de nomes como Charles Aznavour, Michel Legrand e Édith Piaf. Dir. Marco Marcondes. 80 min. 12 anos. Espaço Promon (300 lug.). Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1.830, Itaim Bibi, 3071-4236. Estreia hoje (22). 6ª, 21h30. R$ 80. Até 26/2.

Uma Luz Cor de Luar
Inspirado na cultura indígena e em contos populares brasileiros, o musical é voltado ao público adulto e também infantojuvenil. Em seu elenco, estão nomes como Claudia Ohana e Simone Gutierrez, além de 20 jovens atores e bailarinos da Fundação Lia Maria Aguiar, de Campos de Jordão (SP). Dir. Thiago Gimenes. 120 min. Livre. Teatro das Artes (780 lug.). Shopping Eldorado. Av. Rebouças, 3.970, Pinheiros, 3034-0075. 6ª, 21h; sáb., 15h e 20h; dom., 15h. R$ 70. Até 28/2.

O Meu Lado Homem, um Cabaré d’Escárnio
A obra de Hilda Hilst é o mote do musical dirigido por Marcelo Romagnoli. Luis Mármora vive Sápata Magáli, apresentador de um cabaré decadente. 60 min. 14 anos. Instituto Cultural Capobianco (80 lug.). R. Álvaro de Carvalho, 97, Centro, 3255-8065. A partir de 3ª (26). 3ª e 4ª, 21h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 9/3.

Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos 
Com direção e versão brasileira de Miguel Falabella, o musical leva o enredo do filme de Pedro Almodóvar para o palco. No elenco, estão nomes como Marisa Orth e Totia Meireles. 50 min. 12 anos. Teatro Procópio Ferreira (636 lug.). R. Augusta, 2.823, Cerqueira César, 3083-4475. 5ª e 6ª, 21h; sáb., 17h e 21h; dom., 16h. R$ 50/R$ 200. Até 31/1.

Peter em Fúria
O musical foi criado pelos artistas do coletivo Pequeno Teatro de Torneado, a partir de uma releitura do conto ‘Peter Pan e Wendy’, de J. M. Barrie. A história é transposta para a realidade de uma favela brasileira. 110 min. 10 anos. Centro Cultural da Juventude (100 lug.). Av. Dep. Emílio Carlos, 3.641, V. Nova Cachoeirinha, 3984-2466. 6ª e sáb., 20h; dom., 18h. Grátis (retirar ingresso 30 min. antes). Até dom. (24).

HUMOR

Cada Dois Com Seus Pobrema
Escrita e interpretada por Marcelo Médici, a peça leva ao palco novas histórias de personagens como o corintiano Sanderson e a desbocada apresentadora infantil Tia Penha. 90 min. 14 anos. Teatro Shopping Frei Caneca (600 lug.). R. Frei Caneca, 596, Consolação, 3472- 2229. 4ª e 5ª, 21h. R$ 60/R$ 80. Até 25/2.

Los Lobos Bobos
Guilherme Uzeda, Marcelo Augusto e Ricardo Arantes comandam o espetáculo, formado por esquetes que retratam o cotidiano de São Paulo e por canções de Adoniran Barbosa. 60 min. 14 anos. Teatro da Livraria da Vila (125 lug.). Shopping JK Iguatemi. Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, V. N. Conceição, 5180-4790. Estreia sáb. (23). Sáb., 20h; dom., 18h. R$ 60. Até 28/2.

A Vida Sexual da Mulher Feia
Protagonizada por Otávio Müller, é baseada no best-seller homônimo de Claudia Tajes. Em cena, o ator dá vida a Maricleide, mulher feia em processo de autoaceitação, que divide com o público sua luta contra a ditadura da beleza. 80 min. 14 anos. Teatro Folha (305 lug.). Shopping Pátio Higienópolis. Av. Higienópolis, 618, 3823-2323. 6ª, 21h30; sáb., 20h; dom., 19h. R$ 40/R$ 70. Até 27/3.

ESPECIAL

Cenas Insurgentes – Solo(s) para um Coletivo
O projeto do Teatro de Narradores apresenta temporada com quatro espetáculos solos: 5ª, 21h30, tem ‘Maneiras Trágicas de Matar uma Mulher’; 6ª, também às 21h30, ‘Estamos Todos em Perigo’; sábado, às 19h30, é a vez de ‘A Guerra Não Tem Ensaio’; e domingo, às 18h30, ‘Efeito de Sala – Primeiro Movimento’. 55 min. 14 anos. Sesc Ipiranga. Auditório (30 lug.). R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. R$ 6/R$ 20. Até 21/2.

Ensaio Aberto – Felipe Hirsch e os Ultralíricos
O diretor e seu grupo expõem ao público, até fevereiro, o processo de criação de dois espetáculos teatrais: ‘A Tragédia Latino-americana’ e ‘A Comédia Latino-americana’. Em janeiro, a programação inclui leituras e ensaios abertos. Sesc Consolação (50 lug.). R. Dr. Vila Nova, 245, V. Buarque, 3234-3000. ‘Leituras’: sáb., 17h30/19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 27/2. ‘Ensaios abertos – Parte II’: 3ª a 6ª, 19h/21h30. Grátis (inscrições já abertas, na Central de Atendimento). Até 29/1.

DANÇA

Nihil Obstat
Para celebrar os dez anos da J.Gar.Cia Dança Contemporânea, o bailarino e coreógrafo Jorge Garcia volta a apresentar este solo de dança. A performance é inspirada nas ideias de liberdade e transformação. 50 min. Livre. Capital 35 (30 lug.). R. Capital Federal, 35, Sumaré. 5ª (28) a 31/1, 20h. R$ 20 (é necessário fazer reserva pelo e-mail reservas.ciajgarcia@gmail.com).

Onde Agora? Quando Agora? Quem Agora?
O título do espetáculo, concebido por Wellington Duarte, faz referência às perguntas que iniciam o romance ‘O Inominável’, de Samuel Beckett. Em cena, os bailarinos fazem movimentos a partir de conceitos como força e ausência. 50 min. Livre. Oficina Cultural Oswald de Andrade (40 lug.). R. Três Rios, 363, Bom Retiro, 3221-5558. 6ª e sáb., 20h30. Grátis (retirar ingresso 30 min. antes). Até 30/1.

Três Luas
O espetáculo da companhia mineira de dança Primeiro Ato foi inspirado em um disco produzido pelo músico Zeca Baleiro com poemas de Hilda Hilst. No palco, os movimentos buscam retratar a força e o lirismo do amor. Dir. Suely Machado. 60 min. 14 anos. Sesc Consolação. Teatro Anchieta (280 lug.). R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. Sáb. (23), 21h; dom. (24), 18h. R$ 9/R$ 30.

Mais conteúdo sobre:

dança em sproteiro de teatro