Confira o roteiro de exposições
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira o roteiro de exposições

Celso Filho

21 Janeiro 2016 | 18h26

A seguir, as principais mostras em cartaz entre 22/1 e 28/1:

Inaugurações

Chiara Banfi. Os sons e a música guiaram a pesquisa da artista para a mostra ‘Notações’. Entre as obras, Chiara traz ‘Pauta’, uma partitura criada a partir de pedras turmalinas ordenadas sobre uma parede. Vermelho. R. Minas Gerais, 350, Higienópolis, 3138-1520. 10h/19h (sáb., 11h/ 17h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: 4ª (27), 20h. Grátis. Até 5/3.

+ Piet Mondrian ganha exposição no CCBB

Gabriel Wickbold Studio & Gallery. Do artista Gabriel Wickbold, a galeria inaugura com ‘Celestial Bodies’. A mostra reúne 11 fotografias subaquáticas da havaiana Christy Lee Rogers. R. Lourenço de Almeida, 167, V. Nova Conceição, 3051-4919. É necessário agendar visita. Inauguração:
4ª (27), 19h30. Grátis. Até 11/3.

Interface 06

Foto: Divulgação

+ Em instalações, a mostra ‘Programando o Visível’ recupera seis vídeos do artista e cineasta Harun Farocki (1944-2014). Entre os trabalhos, cinco são inéditos no País, como ‘Interface’ (foto), de 1995. Paço das Artes. Av. da Universidade, 1, Cid. Universitária, 3814-3842. 10h/19h (sáb., dom. e fer., 11h/18h; fecha 2ª e 3ª). Inauguração: 5ª (28), 19h. Grátis. Até 27/3.

Galeria da Cidade. O novo espaço, dentro do Armazém da Cidade, é uma galeria colaborativa de fotografia. Sua primeira mostra é ‘A Beleza Encontrada no Caos’, com fotos de internautas sobre suas relações com a cidade de São Paulo. R. Medeiros de Albuquerque, 270. V. Madalena. Sáb. e dom., 13h/20h. Abre 2ª (25). Inauguração: sáb. (23). Grátis. Até 27/3.

Temporada de Projetos 2016. Selecionados por um júri, são expostos trabalhos de Alex Oliveira, Anaisa Franco e Sergio Pinzón. Além deles, a mostra também apresenta um projeto ‘Jogo de Forças’, do curador Philipe F. Augusto, com nomes como Clara Ianni e Lucas Simões. Paço das Artes. Av. da Universidade, 1, Cid. Universitária, 3814-3842. 10h/19h (sáb. e dom., 11h/ 18h). Inauguração: 5ª (28), 19h. Grátis. Até 27/3.

+ Pinacoteca volta a exibir sua primeira coleção, doada pelo Museu Paulista

Tertúlia. O mote da mostra é o papel de mulheres artistas nos 15 anos da Galeria Fortes Vilaça. Entre
os nomes selecionados para compor a exposição, estão Adriana Varejão, Leda Catunda, Sara Ramo, Tamar Guimarães e Rivane Neuenschwander. Galeria Fortes Vilaça. R. Fradique Coutinho, 1.500, V. Madalena, 3032-7066. 10h/19h (6ª, 10h/18h; fecha sáb. e dom.). Inauguração: 5ª (28), 19h/22h. Grátis. Até 27/2.

Urbanamente. Com estilos diferentes, os fotógrafos Henrique Madeira e Diego Aliados se dedicam a registrar a arte urbana e a vida nas grandes metrópoles. Na mostra, os dois artistas apresentam seus projetos em cidades como São Paulo e Rio. A7MA. R. Harmonia, 95B, V. Madalena, 2361-7876. 11h/20h (fecha dom.). Inauguração: 5ª (28), 18h. Grátis. Até 5/3.

Última semana

Dudu Santos. O pintor e ilustrador exibe uma seleção recente de livros e cadernos de desenhos. Na mostra ‘Nada É Verdade Mas Tudo É Real’, ele também apresenta pinturas, objetos e desenhos de sua carreira. Galeria Jaqueline Martins. R. Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 74, Pinheiros, 2628-1943. 10h/19h (sáb., 12h/17h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (23).

Edmond Fortier – Viagem a Timbuktu. O fotógrafo francês Edmond Fortier (1862-1928) viveu parte da vida no Senegal. Em 1906, ele fez uma viagem pelo interior do continente até Timbuktu, no Saara. Cerca de 200 dessas imagens estão na mostra. Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. 11h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (24).

Guilherme Botelho. A exposição ‘Voltar ao Lugar Onde se Foi Feliz’ encerra a temporada do projeto ‘Nova Fotografia’ de 2015. Na mostra, Botelho apresenta fotografias panorâmicas, feitas entre 2010 e 2014 em países como Quênia e Espanha. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 12h/21h (dom., 11h/20h; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (24).

Marko Brajovic. Na fachada do Centro Britânico Brasileiro, o arquiteto montou a instalação ‘Spectrum’. Abordando a relação entre as culturas brasileira e britânica, a obra é um vitral que reage ao app Spectrum Cultura Ingles – disponível para Android e iOS. R. Ferreira de Araújo, 741, Pinheiros. 10h/19h (sáb., dom. e fer., 10h/16h). Grátis. Até 2ª (25).

Paulo Bruscky. A arte postal é o foco de ‘Arte É a Última Esperança’, sobre a produção de Bruscky entre 1970 e 2013. Também são exibidas criações em outras mídias, como videoarte. Centro Cultural Correios. Av. São João, s/nº, Vale do Anhangabaú, 2102-3690. 11h/17h. Abre 2ª (25). Grátis. Até 2ª (25).

O Rio de Janeiro de Debret. Da Coleção Castro Maya, 120 gravuras de Jean-Baptiste Debret (1768-1848) estão na mostra. O foco é a maneira como o gravurista francês registrou o Rio entre 1816 e 1831, período em que morou na cidade. Centro Cultural Correios. Av. São João, s/nº, Vale do Anhangabaú, 3227-9461. 11h/17h. Abre 2ª (25). Grátis. Até 2ª (25).

Rodrigo Andrade. Em ‘Praça da República’, o artista traz uma série inédita de cerca de 30 pinturas. Nas obras, Andrade faz referências à arte popular, retratando figuras como palhaços, pássaros e carros de corrida. Ateliê 397. R. Wisard, 397, V. Madalena, 3034-2132. 14h/19h (fecha sáb. e dom.). Grátis. Até 6ª (22).

Thomas Hoepker. Em sua primeira mostra individual no Brasil, o fotógrafo alemão exibe 25 obras sob a curadoria de Diógenes Moura. São registros do boxeador Muhammad Ali. Galeria de Babel. Al. Lorena, 1.257), casa 2, Jd. Paulista, 3825-0507. 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (23).

Em cartaz

Amelia Toledo. Homenageada na 5ª edição do Prêmio Marcantonio Vilaça, a paulistana volta a merecer uma mostra na cidade. Nesta exposição, o foco é sua produção mais recente, com obras feitas a partir de 1993, entre pinturas, esculturas e instalações. Galeria Marcelo Guarnieri. Al. Lorena, 1.966, Jd. Paulista, 3063-5410. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Fecha 2ª (25). Grátis. Até 5/2.

Ana Prata. Em suas pinturas, a artista costuma incluir materiais pouco convencionais, como linho cru, barbantes e tecidos estampados. Alguns de seus trabalhos mais recentes estão na mostra. Galeria Millan. R. Fradique Coutinho, 1.360, Pinheiros, 3031-6007. 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 30/1.

AquiÁfrica. Sob a curadoria de Adelina von Fürstenberg, premiada na 56ª Bienal de Veneza, a mostra propõe uma panorama da arte contemporânea na África. Nela, estão reunidas criações de 13 artistas, como o senegalês Omar Ba. Sesc Belenzinho. R. Pe. Adelino, 1.000, 2076-9700. 13h/21h (sáb., dom. e fer., 11h/19h; fecha 2ª). Abre 2ª (25). Grátis. Até 28/2.

Arte e Ciência – Nós Entre os Extremos. Na mostra, o curador Paulo Miyada propõe um paralelo entre conceitos da ciência e as artes. São 35 obras de 16 artistas – entre eles, Amélia Toledo e Artur Lescher. Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. 11h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até 14/2.

Campos Alterados. Criado em 2014, o programa ‘rural.scapes – Laboratório em Residência’ leva artistas para uma fazenda no interior do Estado. Agora, 25 trabalhos do projeto estão na mostra coletiva.
Neste domingo (24), haverá uma performance de luiz duVa. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (fecha 2ª). Abre 2ª (25). Grátis. Até 21/2.

A Casa. A partir do poema de Vinícius de Moraes, a mostra reúne 18 obras de artistas como Leda Catunda e José Carratu. Sob a curadoria de Katia Canton, cada criação é exposta como se exercesse função em uma casa. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (fecha 2ª). Abre 2ª (25). Grátis. Até 31/7.

Empresa Colonial. As heranças do Brasil antes da independência são o mote da mostra. Com curadoria de Tomás Toledo, a mostra reúne criações dos artistas Beto Shwafaty, Bruno Baptistelli, Clara Ianni, Jaime Lauriano e Lais Myrrha. No sábado (23), às 11h, há uma visita guiada com o curador. Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, 3321-4400. 9h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até 28/2.

Foto Cine Clube Bandeirante: do Arquivo à Rede. Recentemente incorporada ao acervo do Masp, a coleção do Foto Cine Clube Bandeirante é exibida ao público. São 279 imagens, de 85 artistas do grupo, como German Lorca, Jacob Polacow e Thomaz Farkas. Masp. Av. Paulista, 1.578, 3149-5959. 10h/18h (5ª, até 20h; fecha 2ª). R$ 25 (3ª, grátis). Até 20/3.

FotoRetrospectiva 2015. A mostra faz uma retrospectiva de 2015 por meio de 80 imagens. São trabalhos de 59 fotojornalistas, como os fotógrafos do Estado Tiago Queiroz e JF Diório. Shopping Ibirapuera. Av. Ibirapuera, 3.103, Moema, 5095-2300. 10h/ 22h. Grátis. Até 21/2.

A Gravura de Arthur Luiz Piza. O paulistano também é homenageado na Galeria Raquel Arnaud. Na Estação, é exibida uma coleção de 137 gravuras – visitando suas experimentações desde que se mudou para a França, nos anos 1950. Estação Pinacoteca. Lgo. Gal. Osório, 66, Luz, 3335-4990. 10h/18h (fecha 3ª). R$ 6 (sáb., grátis). 2ª (25), grátis. Até 12/2.

Idas e Vindas – Segall e o Brasil. Na mostra, o Museu Lasar Segall apresenta um recorte de seu acervo com foco na produção do pintor no Brasil. São expostas cerca de 80 criações, além de objetos de seu ateliê e de sua residência. Museu Lasar Segall. R. Berta, 111, V. Mariana, 2159-0400. 11h/19h (fecha 3ª). Grátis. Até 26/9.

Leila Monsegur. A argentina expõe a intervenção ‘Zoociedade’ no foyer do Sesc Santana. No mural, ela cria um mundo habitado por seres híbridos, um misto de humanos e animais. Sesc Santana. Av. Luiz Dumont Villares, 579, 2971-8700. 10h/20h (dom. e fer., 10h/ 17h; fecha 2ª). Abre 2ª (25). Grátis. Até 21/2.

Piza – 1947/2015. Também com mostra na Estação Pinacoteca, Piza é homenageado na retrospectiva. Com curadoria de Ricardo Sardenberg, estão 40 criações, entre gravuras, pinturas, relevos, esculturas, desenhos e aquarelas. Galeria Raquel Arnaud. R. Fidalga, 125, V. Madalena, 3083-6322. 10h/19h (sáb., 12h/16h; fecha dom.). Fecha 2ª (25). Grátis. Até 30/1.

Sergio Camargo. Com o mármore, Camargo (1930-1990) criava composições de formas geométricas para explorar a sombra e a luz. Sua carreira é lembrada em cem peças, incluindo poemas, fotografias, documentos e uma réplica de seu ateliê. Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1776. 9h/20h (sáb., dom. e fer., 11h/20h; fecha 2ª). Abre 2ª (25). Grátis. Até 9/2.

Uma Coleção Particular – Arte Contemporânea no Acervo da Pinacoteca. Em 60 obras, a Pinacoteca reúne suas aquisições e doações mais recentes. Com foco na arte contemporânea brasileira, estão expostas criações de 50 artistas, como Iberê Camargo, Tunga e Paulo Monteiro. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, 3324-1000. 10h/18h (fecha 3ª). R$ 6 (sáb., grátis). 2ª (25), grátis. Até 31/1.

Waltercio Caldas. Em ‘Ateliê Transparente’, Caldas expõe 67 cadernos de anotações. Além deles, o artista também reuniu objetos, maquetes, desenhos e projetos de esculturas. IAC. R. Dr. Álvaro Alvim, 90, 1º andar, V. Mariana, 3255-2009. 10h/18h (sáb., 10h/16h; fecha dom.). Fecha 2ª (25). Grátis. Até 20/3.

Zumbi – A Guerra do Povo Negro. A mostra, sob a curadoria de Audálio Dantas, percorre a história de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares. São expostas ilustrações de Fernando Vilela e fotografias de Tiago Santana. Sesc Vila Mariana. R. Pelotas, 141, 5080-3000. 10h/21h30 (sáb., 10h/ 20h30; dom. e fer., 9h/18h30; fecha 2ª). Fecha 3ª (26). Grátis. Até 31/1.

Mais conteúdo sobre:

exposiçõesHarum Farocki