Comida multicultural no novo Ser Cozinha Contemporânea
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Comida multicultural no novo Ser Cozinha Contemporânea

Lucineia Nunes

28 Janeiro 2016 | 15h10

Ser - Lucinéia Nunes - Estadão

Dourado: com castanha-do-pará e purê de banana (Foto: Lucinéia Nunes/divulgação)

“A cozinha contemporânea é flexível, criativa e propõe uma mistura inusitada de ingredientes”, diz o texto do chef mato-grossense Caio Gavioli, no menu do Ser Cozinha Contemporânea. De fato, o cardápio traz um pouco de tudo ao mesclar diferentes cozinhas e técnicas. Abre com ceviche (R$ 32) e salada de quinoa com palmito e coalhada seca (R$ 24), por exemplo.

Na sequência, estão as carnes, caso do carré de cordeiro com purê de raízes e pasta de hortelã (R$ 75); e aves, como o confit de pato com nhoque de sêmola e shitake salteado (R$ 77). A seção de peixes e frutos do mar, traz o peixe do dia – dourado, na ocasião da visita – fresco, com crosta de castanha-do-pará, crisp de cebola e um toque perfeito de limão, acompanhado de um tanto adocicado purê de banana-da-terra (R$ 58).

Entre as três sugestões de massa, figura o espaguete ao manjericão e frutos do mar (R$ 66). A casa também serve almoço executivo (R$ 55), de 2ª a 6ª, e prato fitness do dia, mais leve e sempre à base de carne branca, vegetais e grãos (R$ 55, com entrada e sobremesa).

Para quem não resiste a um docinho, vale dividir a porção generosa de brigadeiro cremoso com lascas crocantes de amêndoas (R$ 20). Com apenas 36 lugares divididos entre o diminuto salão em tons de verde e marrom e três mesas na calçada, em frente a um agradável parklet, a casa tem boa oferta de drinques clássicos (R$ 20 a R$ 35) e de vinhos.

ONDE: R. João Lourenço, 367, V. Nova Conceição, 3044-1420.

QUANDO: 12h/15h e 19h/23h (sáb., almoço até 16h; dom., 12h/16h).

QUANTO: Cc. e Cd.: todos.