Em adaptação de Gabriel Villela, ator Malvino Salvador dá vida a Boca de Ouro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em adaptação de Gabriel Villela, ator Malvino Salvador dá vida a Boca de Ouro

Júlia Corrêa

10 Agosto 2017 | 13h01

Em mais uma adaptação de obra de Nelson Rodrigues, Gabriel Villela estreia, agora, Boca de Ouro. Em 1994, ele já havia dirigido ‘A Falecida’, com Maria Padilha no elenco. E, em 2009, ‘Vestido de Noiva’, com Leandra leal, Marcello Antony e Vera Zimmerman.

Nesta nova montagem, o palco é transformado em uma gafieira carioca dos anos 1950, na qual se revelam detalhes da morte do bicheiro Boca de Ouro, vivido por Malvino Salvador.

Foto: João Caldas

Investigando o caso, um repórter (Chico Carvalho) ouve diferentes versões do passado dele, contadas, com diversas contradições, pela ex-amante Dona Guigui (Lavínia Pannunzio). A cada relato da personagem, a arena da encenação gira – simbolizando o fim de um ciclo de vida.

Ao longo da peça, ícones do candomblé, na cenografia, e canções de Dalva de Oliveira, na trilha sonora, aparecem para salientar a atmosfera de subúrbio carioca.

O elenco do espetáculo traz ainda nomes como Mel Lisboa, Claudio Fontana e Leonardo Ventura.

100 min. 14 anos. ONDE: Tucarena (300 lug.). R. Monte Alegre, 1.024, Perdizes, 3670-8455. QUANDO: Estreia 6ª (11). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h30. Até 29/10. QUANTO: R$ 50/R$ 70.