Colagens de Jirí Kolár ganham mostra no Instituto Tomie Ohtake
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Colagens de Jirí Kolár ganham mostra no Instituto Tomie Ohtake

Celso Filho

09 Fevereiro 2017 | 18h17

Jiří Kolář_astonished venus_1969_rollage_42X60

Foto: Instituto Tomie Ohtake/divulgação

Também tradutor e poeta, Jirí Kolár (1914-2002) é lembrado agora, no Instituto Tomie Ohtake, por seu trabalho nas artes visuais. A partir de 5ª (16), uma mostra exibe a produção do checo com cerca de 70 obras, pertencentes ao acervo do Museu Kampa, de Praga.

Uma das primeiras incursões de Kolár nas artes foi nos anos 1930, quando fazia referências ao surrealismo. O artista, então, passou a explorar diferentes possibilidades da colagem.

Em ‘As Descobertas de Jirí Kolár: Colagem e Experimentação’, estão técnicas que ele experimentou – como a ‘froissage’, em que ele amassa mapas, reproduções e gravuras; ou a ‘rollage’, cortando imagens em faixas ou quadrados para, depois, reordená-las.

ONDE: Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. QUANDO: Inauguração: 5ª (16). 11h/20h (fecha 2ª). Até 2/4. QUANTO: Grátis.

 

Confira outras inaugurações da semana:

Arte Atual 2017 – É Como Dançar Sobre a Arquitetura
Do programa Arte Atual, a mostra coletiva selecionou trabalhos de Lia Chaia, João Castilho e Jorge Soledar. Nas obras, os artistas abordam as diferentes relações entre o corpo e o espaço. Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. Inauguração: 5ª (16). 11h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até 23/4.

Jose Antonio da Silva_DIV

Foto: Galeria Almeida e Dale/divulgação

José Antonio da Silva – A Vida Não Basta
Referência na arte popular, José Antônio da Silva (1909-1996) é lembrado em exposição com 50 pinturas, como na foto acima. A curadoria de Denise Mattar selecionou obras de diferentes períodos de sua vida. Galeria Almeida e Dale. R. Caconde, 152, Jd. Paulista, 3887-7130. Inauguração: sáb. (11), 11h/14h. 10h/18h (sáb., 10h/14h; fecha dom.). Grátis. Até 26/3.

Camila Svenson
A artista apresenta a série ‘You Will Never Walk Alone’, selecionada pelo projeto Nova Fotografia 2017. No trabalho, ela registra a adolescência em uma pequena vila da Islândia. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. Inauguração: 5ª (16). 11h/20h (sáb., 10h/21h; dom. e fer., 10h/19h; fecha 2ª). Grátis. Até 2/4.

Tão Perto, Tão Distante
Na mostra coletiva, a curadora Ana Angélica Albano apresenta paisagens sob o olhar de cinco artistas. São gravuras de nomes como Margot Delgado e Maria Villares. Casa Contemporânea. R. Capitão Macedo, 370, V. Mariana, 2337-3015. Inauguração: sáb. (11). 14h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 18/3.

Núcleo
A mostra coletiva expõe trabalhos de 12 artistas ligados à arte urbana. A seleção traz nomes como Felipe Ikehara, Jerry Batista e Ju Violeta. A7MA. R. Harmonia, 95B, V. Madalena, 2361-7876. Inauguração: 6ª (10). 11h/20h (fecha dom.). Grátis. Até 25/3.

Mais conteúdo sobre:

Jiri Kolarexposições