40ª Mostra: Tom Ford volta ao cinema com suspense ‘Animais Noturnos’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

40ª Mostra: Tom Ford volta ao cinema com suspense ‘Animais Noturnos’

Celso Filho

20 Outubro 2016 | 17h31

50805_Animais Noturnos_6087 print_

Foto: divulgação

Se a estética foi um dos pontos altos em sua estreia com ‘Direito de Amar’, Tom Ford mantém essa mesma atenção de quem construiu carreira na moda com o novo ‘Animais Noturnos’, vencedor do Leão de Prata do Festival de Veneza deste ano.

Logo no início, o diretor nos apresenta uma sequência de mulheres fora dos padrões de beleza, dançando como líderes de torcida. A cena parece servir como uma apresentação da protagonista, a galerista de arte Susan (Amy Adams). Em meio ao mundo materialista e de aparências da elite de Los Angeles, a mulher tem uma vida infeliz, com um casamento em crise. A situação piora quando ela recebe o manuscrito de um livro de seu ex-marido, Edward (Jake Gyllenhaal), que será dedicado a ela.


O longa, então, se desdobra em duas histórias paralelas. A obra de Edward fala sobre um homem (também interpretado por Gyllenhaal) e sua família, que são perseguidos por uma gangue numa estrada deserta. Os momentos de tensão do livro se misturam à inquietação de Susan, que começa a se lembrar de todo o seu antigo relacionamento. Com flashbacks, Ford mostra como o casamento terminou e o que inspirou o primeiro marido a dedicar um livro violento à mulher.

Frei Caneca: 3ª (25), 21h55. Cinesala: 5ª (27), 18h. Espaço Itaú – Augusta: 29/10, 21h50. Cidade São Paulo: 1º/11, 21h30.