Tribunal dá liberdade a André Souza, mas falta dinheiro da fiança

Sonia Racy

15 Outubro 2017 | 01h00

O Tribunal Regional Federal da 1.ª Região concedeu habeas corpus para André Souza, acusado de beneficiar a Odebrecht em contratos com o FI-FGTS. Entretanto, Sousa – indicado pela CUT para fazer parte do grupo de apoio que assessora o conselho e o comitê de investimento do fundo – ainda não saiu da prisão.

Consta que não consegue arrumar o dinheiro para pagar a fiança de… R$ 300 mil.

Leia mais notas da coluna:

Aécio Neves pediu ao STF votação aberta para caso de Delcídio

PSB quer punir quatro por terem apoiado reforma trabalhista