Temer diz estar tranquilo com votação de denúncia na Câmara

Temer diz estar tranquilo com votação de denúncia na Câmara

Sonia Racy

24 Outubro 2017 | 01h00

MICHEL TEMER

MICHEL TEMER. FOTO: ANTONIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

Aparentemente, para Temer, não haverá surpresa na votação da denúncia a ser votada amanhã, no plenário da Câmara. “Se houver atuação semelhante à dos parlamentares na denúncia anterior, estou tranquilo”, disse o presidente à coluna sábado, durante sua visita ao Pantanal. E emendou: “Estou tranquilo com qualquer que seja for o resultado”.

De onde vem tanta calma? Temer explica com uma história de vida: “Aos 17 anos, ouvi do meu irmão que era fervorosamente católico, um conselho que recomendava a temperança. Não sabia o que isso significava e no outro dia, procurei no dicionário. Acredito – sabe? – que isso mudou minha vida”.

O presidente lembra que foi naquele momento que ele apreendeu a importância de conciliar divergências ao longo da vida. “Mesmo porque, depois, logo depois, o sujeito estará me… acarinhando.”

Recado para parlamentares?

Leia mais notas da coluna:

‘Hoje, adolescentes negras têm quem as defenda’, diz Karol Conka

+ MAM e Queermuseu são alvo da CPI de Magno Malta