Sem máscaras

Sonia Racy

09 Outubro 2012 | 01h05

De tradicional família paulista, Andrea Matarazzo– segundo vereador mais votado em São Paulo – viu provada sua convicção de que não precisaria criar um factoide para ter o voto popular. “Não mudei meu jeito de ser, minhas roupas ou sapatos e fui recebido com cortesia e interesse por todos, de A a Z.”

Em três meses, o agora ex-candidato percorreu quase 9 mil km e participou de 448 reuniões.