Sem bengala

Sonia Racy

15 Maio 2015 | 01h02

A PEC da Bengala mal foi aprovada e já dá trabalho para… o STF. Dois desembargadores de Pernambuco, às vésperas de completar 70 anos, recorreram à Corte por entender que a lei deve ser extensiva aos tribunais regionais federais.

Reivindicam o direito de ficar mais cinco anos no, digamos, batente.