Rouba tempo

Redação

03 Março 2009 | 06h00

A Prodesp foi à justiça contra a AES Eletropaulo. Motivo: a oscilação no fornecimento de energia tem deixado fora do ar, com frequência, largas faixas de serviços públicos – entre eles Poupatempo, Detran, delegacias de Polícia e até o Tribunal de Justiça do Estado.

Só em 6 de fevereiro foram mais de 8.700 pessoas prejudicadas no sistema Poupatempo, durante 3 horas.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte