Rede busca nomes para outubro

Sonia Racy

01 Abril 2018 | 00h45

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Não é só a luta por mais dois parlamentares – para somar cinco e poder entrar nos debates eleitorais – que ocupa no momento o comando da Rede. O partido se empenha em definir, por consenso, a nova executiva a ser eleita no encontro desta sexta-feira, em Brasília.

Com Marina no comando, lógico, e com a tarefa de conduzir o partido nas eleições e definir candidaturas de peso em pelo menos 12 Estados.