Publicitárias querem capacitar mulheres que trabalham com criação

Publicitárias querem capacitar mulheres que trabalham com criação

Sonia Racy

11 Março 2018 | 00h30

PAULA FERNANDES (CENTRO), FERNANDA MACHADO (ESQ.) E LILY FARIAS

PAULA FERNANDES (CENTRO), FERNANDA MACHADO (ESQ.) E LILY FARIAS. FOTO: IARA MORSELLI/ESTADÃO

Com a missão de aumentar o número de publicitárias que trabalham com criação nas agências – ainda um reduto masculino – e ajudar mulheres a conseguirem melhores posições nas áreas de comunicação, arte, cinema e tecnologia, Paula Fernandes (centro), Fernanda Machado (esq.) e Lily Farias (dir.) lançaram, no Dia da Mulher, uma plataforma de capacitação online. A AddWomen oferece cursos e palestras desde quinta-feira. Segundo Paula, a opção de ensinar pela web foi adotada para alcançar pessoas de todos os Estados, a preços mais baixos que os cobrados por escolas profissionalizantes na área de criação publicitária – onde podem passar de R$ 3.000 por mês. “Identificamos dificuldades de mulheres no mercado e pensamos em iniciativas que possam nos ajudar”, explicou. Como inclusão é a alma do negócio, as atividades terão cinco vagas para mulheres trans, negras ou de baixa renda.