‘PSDB não está deixando o governo’, diz Tasso

Sonia Racy

19 Maio 2017 | 14h58

O PSDB não deixará o governo “a não ser que surjam fatos novos que justifiquem esta atitude”, disse à coluna, no início da tarde desta sexta-feira, o novo presidente do partido, Tasso Jereissati.

“Conversamos muito, ontem, com o governo Temer e o que queremos é ouvir os áudios da delação premiada de Joesley Batista, que estão sendo divulgados pelo STF. Nosso papel é de grande responsabilidade e temos que lembrar que o programa econômico do governo é nosso”, lembra o senador cearense, que assumiu o comando tucano com a saída de Aécio Neves.

Os tucanos, disse ele, devem reconversar sobre esta posição “somente à luz de fatos novos”.