Procuradores contestam lei que os incorpora à AGU

Sonia Racy

08 Abril 2017 | 00h35

Nota atualizada às 14h30

Grace Mendonça, da AGU, teve importante vitória, anteontem. Foi aceito, pela Câmara, o pedido de urgência para votar o projeto 337. O que diz o texto da lei? Se aprovado, a AGU incorporará cerca de 10 mil procuradores federais, inclusive os do BC.

Visto com reservas por associações da área, o texto engessa os procuradores. Obriga a classe a submeter ao advogado-geral da União – indicado pela Presidência da República – suas decisões e denúncias antes de levá-las adiante.

Procuradores 2


Segundo a  assessoria da AGU, o PL 337 não “incorpora” os cerca de 3,8 mil procuradores federais e do BC, apenas formaliza a integração dessas carreiras — e ambas são favoráveis ao projeto.  

Afirma, ainda, que também não haverá interferência na atuação funcional desses profissionais. 

Jaime Lerner é convidado
a
redesenhar centro de SP
São Paulo contratou essa semana Jaime Lerner para montar projeto de requalificação do centro da cidade.

Quem viabilizou a
passarela
de Congonhas 
João Doria esclarece. A nova passarela em Congonhas só saiu do papel, depois de 20 anos, porque a Prefeitura conseguiu o apoio da Latam, Gol, Avianca, Carlos Jereissati, Grupo Accor e Atlas Schindler que, juntos, deram R$ 7,5 milhões ao projeto.

O próximo passo será fazer, ao lado do aeroporto, a praça Rolim Amaro.

SP ‘vende’ projetos de metrô
a investidores na Bélgica
Na caça de interessados estrangeiros em licitações do Estado, Clodoaldo Pelissioni e Karla Bertocco – ambos da Secretaria dos Transportes– vão, dia 18, a Bruxelas. Apresentar o edital de duas linhas do Metrô.

Valor? Nada menos que R$ 10, 8 bilhões. O leilão está previsto para 4 de julho, na BM&F Bovespa.

Direto de Harvard
para a coluna
Direto de Harvard, onde acontece o Brazil Conference, Cristiana Arcangeli relata os acontecimentos ao vivo para o Direto da Fonte – nas redes sociais da coluna.

Depois da sua palestra ontem, na universidade, a empresária acompanha hoje, ao vivo, as falas de Sérgio Moro e Dilma.

Suor, cerveja, música e
cinema 
em festival no Rio
Lucia Verissimo comemora. O documentário escrito e dirigido pela atriz, Eu, Meu Pai e os Cariocas – que conta a história de 70 anos de música no Brasil– foi o escolhido para abrir o Festival Internacional É Tudo Verdade. Que começa dia 19, no Rio.

“O filme ainda não vai entrar em circuito”, avisa Lucia, cujo foco agora será levar o documentário a outros festivais pelo mundo.