Prioridade máxima

Sonia Racy

20 Setembro 2014 | 01h10

Em meio à crise hídrica, Dilma Pena, presidente da Sabesp, vai ter de se afastar da empresa. Para se submeter, hoje, a uma cirurgia na laringe e retirar um nódulo – que vem sendo adiada desde maio, quando fez exames no Sírio-Libanês.

Por conta do procedimento, ela não poderá atender à intimação para depor na CPI da Câmara Municipal que investiga o contrato da Sabesp com a Prefeitura.