Presidente da CCJ pede mais três sessões para discutir denúncia contra Temer

Presidente da CCJ pede mais três sessões para discutir denúncia contra Temer

Sonia Racy

17 Outubro 2017 | 15h53

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), pediu mais três sessões para discutir a denúncia contra o presidente Michel Temer.

Pelo regimento, cinco sessões devem ser dedicadas à discussão. A última está sendo realizada nesta terça-feira (17), com previsão de votação para esta quarta (18). A abertura de sessão no plenário da Câmara, porém, suspende os trabalhos da comissão.

O pedido foi enviado ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Se Maia acatar o pedido, a votação da denúncia em plenário também será postergada.

A medida foi tomada por Pacheco como uma precaução para dar conta do alto número de deputados inscritos para falar, além do relator e das defesas, que já apresentaram suas teses.

Aliados de Temer procuram antecipar a votação da denúncia na CCJ.

Leia mais notas da coluna:

CMV vai colocar acusação contra irmãos Batista em julgamento em 2018

Velório de ex-guerrilheiro conta com presença de oficiais da Marinha