0

Sonia Racy

15 Março 2016 | 00h27

Definidas ontem as prioridades dos movimentos que organizaram a megamanifestação do domingo. Uma delas, focar esforços na homologação da delação premiada de Delcídio Amaral. Outra, cobrar celeridade na decisão do plenário do STF sobre o impeachment de Dilma.

Terceiro, “cercar” os parlamentares que ainda não aderiram ao afastamento da presidente – o que inclui viagens do pessoal das bases a Brasília, para contatos com os eleitos de suas regiões.

Comentários